37

Dando a volta à ilha em San Andrés - Colômbia

Renata Campos | 6.4.12 |

A ilha colombiana de San Andrés está situada no mar do Caribe e possui apenas 27km2. Assim, um dos principais passeios é dar a volta completa à ilha e conhecê-la por inteiro. As praias estão mais concentradas na parte leste da ilha. Do outro lado, o litoral é formado por pedras. Mas a paisagem também é lindíssima e existem várias opções de piscinas naturais.


Mapa de San Andrés e sua Avenida Circunvalar, que contorna toda a ilha. 

Para circular pela ilha, a forma mais comum, e divertida, é alugar um carrinho de golfe. Dessa forma, você pode conhecer a ilha como bem entender, parar nos lugares que mais gostar e pular aqueles que não achar interessante. Mas se você estiver viajando sozinho ou com apenas mais uma pessoa, de repente seria melhor alugar uma scooter, que é uma opção mais econômica para conhecer a ilha. Outras opções seriam: o táxi ou a chiva – um ônibus turístico, tipo um trenzinho, todo colorido. 

Nós optamos pelo carrinho de golfe e o alugamos bem em frente ao nosso apartamento, por COP 120 mil – R$120,00 pelo dia todo. Como estávamos em 4 pessoas ficou barato, apenas R$30,00 por pessoa. Existem também outros carrinhos que acomodam 6 e até 8 pessoas. 

O ideal é fazer esse passeio logo no primeiro dia em San Andrés, porque assim dá pra conhecer os lugares e voltar naqueles que mais gostou, se houver tempo. Outra dica é conferir a questão da gasolina do carrinho de golfe. Certifique-se de que o tanque dará para fazer todo o trajeto. Uns amigos nossos ficaram parados no meio da ilha, por falta de gasolina!!!! Ah.. e também vimos alguns lugares onde a gasolina não estava incluída no valor do aluguel. Fuja! A não ser que a diferença de preço seja grande, não era o caso...

Não é necessário ter carteira de motorista, qualquer um, qualquer um mesmo, pode dirigi-lo. Até mesmo uma das minhas amigas, que tem carteira de motorista só mesmo para usar de identidade, se deu super bem pilotando o carrinho de golfe. Como você pode conferir aqui.. hehe

Mas dirigir o carrinho também não tem segredo, nem marcha, nem acelerador, nem retrovisor!! Apenas um pedal de stop e outro de go. Mais nada! A velocidade é constante e não passa de 30km/h. Mas pra que pressa diante de uma estrada tão bela? E aproveite, em muitos momentos a estrada será só sua. Vá devagar e curta cada cantinho da ilha e pare em todo lugar que achar que mereça ser curtido com mais calma. Pode ter certeza que serão vários! 

Nós começamos a contornar a ilha pelo lado esquerdo, já passava das 10hs da manhã. Logo no começo do trajeto, já sacamos nossas máquinas e foi um festival de fotos de todos os ângulos. Várias vezes paramos pelo caminho pra tirar uma foto mais caprichada, outras vezes tirávamos fotos com o carrinho em movimento mesmo...rs.

Pra dirigir o carrinho de golfe é só pisar no pedal GO. E eventualmente no STOP  a cada parada pra foto! 
Colômbia
Colombia
Bob não morreu!! hehe

Nossa primeira parada - parada de verdade, não apenas pra fotos - foi no Reggae Bar Uncle Sam Place. Esse nome todo é para um lugarzinho super astral, com uma decoração com toques jamaicanos e inspirada no Reggae. Assim que descemos, o sorridente dono do bar (tsc.. esqueci o nome dele) nos recepcionou com boinas com perucas de dread que já foi colocando nas nossas cabeças para, segundo ele, irmos entrando no clima!! rs. E deu certo, ficamos lá um tempão tirando fotos, tomando umas cervejas e ouvindo um bom reggae as histórias do dono do bar. Gostamos tanto do lugar, que poderíamos passar um dia inteirinho lá. Mas ainda tinha muito chão pela frente. Pegamos mais algumas cervejas e seguimos viagem, felizes da vida por não ter lei seca em San Andrés.. haha

Reggae Bar Uncle Sam Place
 

Um brinde à não existência da lei seca!!! hahaha

Um pouco adiante, tem o Westview e logo em seguida, La Piscinita. Apesar de o primeiro ter mais estrutura, os dois lugares são bem semelhantes: são piscinas naturais onde você paga uma pequena quantia de entrada (COP 1mil a 2mil – R$1,00 a R$2,00) e ganha pedaços de pão pra atrair os peixes. Aqui, o snorkel é fundamental e também é possível fazer mergulho com cilindro em ambas. Em westview, também existe outra opção, o Aquanautas.O passeio consiste numa caminhada debaixo d’água com um escafandro, numa profundidade de 6 metros. Se você não mergulha, talvez seja uma boa opção pra sentir o gostinho.


De lá, paramos no Hoyo Soplador, que nada mais é do que um buraco no meio das pedras que, quando a onda bate com força, a água sobe por esse buraco, encharcando tudo e todos que estiverem por perto. É até legalzinho, o que não é legal são as pessoas de lá querendo se aproveitar dos turistas e ganhar dinheiro fácil.

Assim que chegamos, surgiu um cara que foi nos levando pra nos mostrar o tal do Hoyo Soplador, nos posicionou num determinado lugar, tirou 2 fotos (que por sinal ficaram péssimas) e nos mandou sair de lá para que outras pessoas pudessem tirar fotos. Saímos, mas ficamos ao lado esperando outra oportunidade pra voltarmos e tirar outras fotos. Foi quando o mesmo cara voltou com uns “coco locos” na mão dizendo que era brinde, recusamos e ele ficou insistindo e começou a gritar que tínhamos que pagar, cada uma, COP 20mil – R$ 20,00, pelo serviço. Oi? Serviço? Que serviço? Ficamos chocadas! Nem bem pudemos aproveitar o lugar e esse cara, super sem educação queria nos cobrar pelo “serviço” dele? Pagamos R$ 20,00 pras 4 (e não pra cada, como ele queria) e saímos de lá morrendo de raiva desse cara.

Cuidado quando for lá, não dê papo pra ninguém que abordar você (e serão muitos), conheça o lugar, tire suas fotos e vá embora. Se quiser dar uma gorjeta ou comprar algo lá, ótimo. Mas ser obrigado a fazer isso, eu não concordo, principalmente se tratada com falta de educação. Pode ter sido inocência a nossa, mas todos os colombianos que encontramos na viagem eram sempre tão simpáticos e solícitos que, quando nos abordaram, achamos que seria apenas mais um dos tantos atos de gentileza que presenciamos na viagem. Mas dessa vez, nós caímos feito bobas e saímos de lá com uma péssima impressão do lugar!!!

No Hoyo Soplador, buraco pelo qual a água jorra, e molha a todos, quando a onda do mar bate. 

Pouco depois, pra aliviar o estresse momentâneo do Hoyo Soplador, paramos numa prainha que tinha uma barreira de pedras e formava uma piscininha natural de águas transparentes. Delícia!!









E por fim, passamos o restante do dia na gostosa praia de San Luis. Almoçamos no Restaurante Paraíso, que tem entrada pela estrada e pela praia. A comida é gostosa, apesar de demorar horrores pra sair. Peça o petit gateau, é sensacional!


















Restaurante Paraíso - San Luis

Terminamos a volta à ilha já no começo da noite. Já estava escuro quando devolvemos o carrinho, bem em frente de casa. Guiar o carrinho de golfe pela Circunvalar – a Avenida que circula a ilha de San Andrés – é super tranquilo. O mesmo eu já não posso dizer a respeito do centro da ilha. É meio complicado competir com os carros de verdade, na velocidade com que o carrinho de golfe anda. E como não há retrovisor, a tarefa torna-se um pouco mais complicada. Temos que botar a cabeça toda pra fora do carrinho para ver o que tem atrás ou ao lado, na hora de mudar de via ou virar uma esquina. No nosso caso, estabelecemos que quem estivesse sentada no fundo, de costas, fazia o papel de seta e se comunicava, por mímicas com os outros carros... hahaha. Mas os carros também já são acostumados com os carrinhos de golfe e suas deficiências, então no final das contas, o convívio é harmonioso. 

Enfim, alugar um carrinho de golfe em San Andrés é quase que obrigatório!!! Uma experiência, no mínimo, divertida!



--
Tá indo viajar? 

➥ Reserve sua hospedagem pelo Booking, o maior portal de hospedagem do Brasil. Garanta já o melhor preço e vários descontos. É rápido, fácil e seguro!





➥ Não se esqueça de fazer seu seguro viagem. A Real Seguros trabalha com as melhores seguradoras do país. Compare e escolha a melhor opção pra você. Viaje sem correr riscos!

Seguro viagem america do sul 728x90



➥ E se for alugar um carro, use o serviço da nossa parceira Rental Cars que compara preços e carros de várias locadoras no mundo todo!



✔ Você não paga nada a mais por nada disso, pelo contrário, economiza conseguindo os melhores preços e descontos! E ainda ajuda esse blog a se manter!! ✌

37 comentários :

  1. Esse lugar eu não conhecia... Valeu por me apresentar! o mergulho aí deve ser maravilhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na sua próxima ida à Colômbia inclua San Andrés, e Providencia também, na sua lista! Vale muito a pena!!
      E apesar de eu não ter mergulhado, dizem que é um excelente lugar pra mergulho!!

      Excluir
  2. Graciana10.5.12

    Bacana demais Rex!!! Continue escrevendo, twitanu e muito mais......meus filhos vão saber o que já fiz nessa vida!!! hehe bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Podexá, Graça!! Vou colocar aqui todas nossas ex e futuras aventuras! Os filhos e saberão de tuuuudo!! hehe

      Excluir
  3. Em quanto tempo eu consigo dar a volta na ilha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      O tempo que você gastará para dar a volta à ilha é relativo, depende de quanto tempo você gastará em casa parada ou quantas paradas fará. Nós gastamos um dia inteiro. Mas você pode fazer em meio dia ou até menos, se quiser..

      Excluir
  4. Muito legal estou pensando em ir para lá em março-13 e queria de umas dicas, como:
    onde ficar, quanto levar em dinheiro, onde é aceito os cartoes internacionais, como sao as acomodações, qual a boa dica do centro
    Tem como nos.corresponder para maia dicas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá pennap471,
      Vamos por partes...
      Onde ficar depende muito do seu estilo, San Andrés tem muitos resorts all incluse, mas também hotéis no centro da ilha de todos os preços. Eu fiquei em um apartamento bem simples, mas ótimo! Comentei sobre ele nesse post aqui http://revivendoviagens.blogspot.com.br/2012/02/colombia-donde-hospedarse.html#.UM5kHeTLT3s
      Quanto levar em dinheiro é muito subjetivo pois depende de quanto tempo você vai ficar lá e qual o seu estilo de viagem, o tipo de hospedagem que vai escolher e os restaurantes também, se vai comer em lugares mais econômicos ou gastar um pouco mais nos restaurantes mais chiques de lá. Se gosta de sair à noite, se bebe e o que bebe, enfim... o que serve pra um, não necessariamente servirá pro outro.
      Quanto aos cartões, não usei muito. Apenas para compras, em algumas lojas. Mas muitos restaurantes também aceitam, não são todos! E também tem vários caixas eletrônicos se você precisar sacar dinheiro! Quanto a isso, é tranquilo.
      A boa dica do centro? Com relação ao que? Bom, eu fiquei hospedada no centro e citei os lugares que fui aqui nesse post http://revivendoviagens.blogspot.com.br/2012/04/revivendo-ilha-de-san-andres.html#.UM5ma-TLT3s
      Bom, é isso! Precisando de mais algo, é só falar..

      Excluir
  5. Anônimo15.2.13

    Renata, estive em Cartagena e San Andres, em minhas férias de janeiro. Adorei. Suas dicas são espetaculares. Abraço! Yésus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yésus, obrigada!! :-)
      Cartagena e San Andres são mesmo ótimas, né?
      Abraço!!

      Excluir
  6. Oi Renata...preciso de uma ajuda, estou indo para San Andres em junho, estou precisando compra o snorkel e máquina á prova d`água. Como lá tem várias loja e sem impostos, vale a pena comprar essas coisas lá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Vanessa,
      Então, de uma forma geral, as coisas são bem mais em conta lá sim! Os preços se assemelham aos do free shop dos aeroportos e, algumas vezes, até mesmo mais barato. Então, acho que vale a pena comprar máquina a prova d'água lá sim!
      Quando a snorkel, eu comprei lá um desses baratinhos, tipo 10 reais e até deu pra quebrar o galho, mas nada demais. Eu não reparei se tinha snorkels melhores lá porque não estava pretendendo gastar dinheiro com isso já que ainda ia continuar viajando e ele é meio trambolho pra levar na mochila, né? Ai queria algo "descartável" mesmo! rs

      Excluir
  7. Obrigada pela ajuda...estou indo amanhã!!!!!!!! Depois volto aqui para comentar!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que delícia!! Boa viagem e aproveite muito!!
      Volte mesmo pra contar tudo pra gente! :-)

      Excluir
  8. Anônimo13.6.13

    Olá Renata, estamos indo pra Colômbia em Agosto. Pretendemos fazer Bogotá, Cartagena e San Andres em 10 dias. Fiquei encantada com o seu relato sobre as ilhas (San Andres e Providencia). De qual delas vc gostou mais? Eu e meu marido gostamos de comida boa e de fazer snorkel. Abraços
    Ana Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Ana Maria,
      Que bacana, vocês irão amar a Colômbia!
      Bom, San Andrés e Providência são bem diferentes. Não gosto muito de comparar lugares, mas eu amei Providência. Ela é menorzinha e o lugar é uma delícia! Mas não dá pra deixar de conhecer San Andrés também, que é bem legal! Acho que não ajudei muito, né? rs
      As duas têm muitos lugares pra fazer snorkel e mergulho de cilindro também, se for o caso.
      E quanto à comida, tenho que confessar que sou meio enjoada pra comer, não gosto de frutos do mar e eles são o carro-chefe da Colômbia! Mas uma amiga que foi comigo disse que foi a viagem na qual ela comeu melhor em toda a vida! Ou seja, vocês também vão se deliciar! hehe

      Excluir
    2. Anônimo13.6.13

      Ok, acho que vamos gostar muito mesmo! Vcs chegaram em Providência de avião? Vindo de onde? Não achei voos para lá pela Copa air...

      Excluir
    3. Sim, fomos de avião. A única empresa que faz o trajeto é a Satena. Nesse post aqui eu explico direitinho como chegar lá. Dá uma olhada aqui: http://www.revivendoviagens.com/2012/04/voando-ilha-de-providencia.html

      Excluir
  9. Oi Renata...minha viagem para San Andres foi um sonho, deu tudo certo!!!!!!! Segui várias dicas suas...foi tudo perfeito!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Vanessa... que ótimo!!!!
      San Andrés é linda, né? Não tem como não gostar!
      De toda forma, fico muito feliz por ter ajudado! :-)

      Excluir
    2. Vanessa, como ficou o tempo na sua viagem ? Choveu alguma dia ? Vou ficar 03 dias em San Andres 26 a 29 de junho.

      Excluir
  10. Boa tarde Renata,

    Vou pra San Andrés em novembro e uma duvida que tenho é a respeito da moeda local.
    O que você recomenda? Eu levar peso colombiano já do Brasil, trocar em alguma casa de cambio em Bogota / San andrés ou mesmo sacar dinheiro no caixa como vc escreveu?

    Voce poderia explicar um pouquinho melhor esse lance de sacar dinheiro lá?
    Obrigado e parabens pelo blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Eduardo,
      Acho que não vale a pena (e nem sei se tem) comprar peso no Brasil. Quando fui levei real mesmo e troquei em Bogotá. A cotação lá e bem melhor do que de San Andrés. Mas isso no centro da cidade, porque a cotação do aeroporto não é bacana não.
      Quando a sacar dinheiro, você só precisa desbloquear seu cartão no seu banco. Aí você pode sacar dinheiro na moeda local normalmente em qualquer caixa eletrônico, independente de qual banco seja. Na hora de sacar você só tem que olhar aquelas bandeirinhas que tem atrás do cartão, se é Cirrus, Plus, etc. Aí cada um cobra uma taxa diferente por saque, portanto é melhor sacar mais dinheiro de uma só vez pra pagar menos taxas.
      Eu acho bem simples e cômodo também. E tenho feito isso nas minhas últimas viagens..

      Excluir
    2. Boa tarde Renata,

      Primeiramente muito obrigado pela resposta tão rápida :)
      Como somente vou fazer escala em Bogotá, não terei como procurar casa de cambio fora do aeroporto, ou seja, me restou sacar dinheiro em San Andrés mesmo. Já olhei a bandeira do meu cartão, é PLUS.

      Vou ficar ali na região norte/nordeste da ilha, no noblehouse hotel. Acredito que lá deve ter caixa eletrônico, correto?

      Os seus passeios, aluguel de carrinho de golf, etc ... você já tinha feito reserva ou vcs foram na cara e coragem? rsss Eu ja estava pensando em cotar esses valores caso exista alguma empresa lá.

      Muito obrigado mais uma vez pela resposta e atenção!
      Grande abraço

      Excluir
    3. Oi Eduardo, por nada! :-)
      Então, você também pode trocar dólares em San Andrés,se quiser. Mas eu prefiro sacar dinheiro mesmo. Só não esqueça de desbloquear seu cartão no banco! ;-)
      Olhei tudo lá na hora mesmo. Tem várias empresas que alugam carrinho de golfe, é só chegar e barganhar!! hehe
      E os passeios de barco, é só ir até o porto e comprá-los, nem precisa pagar uma agência pra isso não. Vc vai pagar mais caro pelo mesmo serviço!
      Boa viagem!

      Excluir
  11. Vanessa Moreira, em que dias de junho vc foi a San Andres? Pegou chuva? Calor?

    ResponderExcluir
  12. Anônimo9.2.15

    Renata, tudo bem? Estou indo para San Andres em Março.
    Me interessei pelo aluguel dos carrinhos de golfe e me surgiu uma pergunta.
    Quando tu deu a volta em torno da ilha e fazia as paradas, vocês deixavam o carrinho estacionado numa boa?
    Existe alguma outra opção, que não seja a motocicleta, para duas pessoas?
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem?
      Deixávamos o carrinho estacionado em qualquer lugar numa boa e sem problema algum. Esse transporte é muito comum por lá, você encontrará vários pelo caminho.
      Acho que não existe nada diferente pra 2 pessoas não....
      Boa viagem!

      Excluir
  13. Ola boa tarde !!

    Estou para San Andres em agosto, vou sozinho o que você me recomenda como transporte ?
    Ficarei 9 dias !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Djalma, tudo bem?
      Bom, se você ficar na parte central, não vai precisar de transporte pra muita coisa não!
      Mas se quiser dar a volta à ilha, pode alugar uma scooter. Fica bem mais emconta!
      Boa sorte

      Excluir
    2. Boa tarde !!
      Eu agradeço muito pela dica e, espero que faça muito sol também.
      Obrigado.

      Excluir
  14. Olá Renata! Sobre o a volta na ilha no carrinho de golfe, vcs precisarama abastecer o carrinho nesse percurso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Douglas,
      Nós pegamos o carrinho com o tanque cheio e devolvemos do jeito que estava mesmo. Mas é preciso conversar isso antes. Alguns lugares cobram gasolina à parte, outros pedem pra devolver o tanque cheio. E certifique-se que ele está realmente cheio, conhecemos um pessoal lá que ficou sem gasolina no meio do caminho!!

      Excluir
  15. Ana Luiza2.9.15

    Renata, adorei suas dicas! Estou indo agora na segunda-feira e ainda tenho zilhões de dúvidas, mas tudo vai dar certo..rs
    A moto que você disse que para duas pessoas é mais em conta, é tipo aquelas Biz sem marcha? Sabe dizer?

    Obrigada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Luiza, tudo bem? Obrigada!
      Nossa, te confesso que não lembro como era a moto, mas ACHO que deve ser tipo biz sim, pois pelo que eu sei eles nem pedem carteira!
      Relaxa que vai dar tudo certo! rs
      Boa viagem

      Excluir
  16. Oi Renata, bom dia

    Tenho uma duvida, se eu for para Cartagena consigo ir tranquilo para San Andres? Sabes dizer se sai muito caro? Só de avião ou teria barco?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Zitxa, tudo bem?
      Não existe barco entre os 2 lugares.. não que eu saiba, pelo menos! São mais de 800km, então é muito chão, né? Digo, muita água! rs
      Portanto, só de avião mesmo! Os preços são muito flutuantes, né? Variam demais e não existe uma lógica ou uma previsão para isso! Pesquise as passagens e fique de olho nos preços pra achar algo em conta! Eu comprei com uns 4 meses de antecedência, então encontrei preços muito bons!!
      Boa sorte e boa viagem!

      Excluir

Comente aqui