7

The High Line Park: o Parque suspenso de Nova York

Renata Campos | 9.9.12 |

O High Line Park é mais um belo caso de aproveitamento do espaço público em Nova York e um excelente exemplo de urbanismo sustentável.

Construído sobre uma antiga linha férrea que estava abandonada, o High Line se transformou num lugar super agradável e completamente diferente após a revitalização, mas que ainda conserva sua história.

Inaugurado em 2009 e ampliado em 2011, o High Line Park conta hoje com 2,6 km de extensão e já tem previsão de nova ampliação até 2014. Atualmente, o parque se estende da Gansevoort Street no Meatpacking District até a West 30th Street (e chegará até a 34th street após a inauguração da 3ª sessão).



      Fonte:  www.thehighline.org

Foto: www.thehighline.org
Faça uma viagem virtual por esse ilustrativo vídeo do High Line Park

No início do século passado, a 10ª Avenida era conhecida como a “Avenida da Morte” devido aos inúmeros acidentes causados pelos trens que ali circulavam. No começo da década de 30, foi construída a linha férrea elevada (high line) de transporte de carga que conectava os trens diretamente às fábricas e aos armazéns com o intuito de desafogar o tráfego da área e diminuir os acidentes. A ferrovia funcionou até 1980, quando encerrou suas atividades e ficou abandonada, entregue a mendigos, prostitutas e usuários de drogas por anos. O local estava prestes a ser demolido, mas a ONG “Amigos da High Line” se mobilizou e, não apenas impediu que isso acontecesse, como também conseguiu arrecadar fundos para a fundação do Parque.

A história da High Line é super interessante. Para saber mais a respeito, leia essa reportagem, que está super completa. Acesse também o site oficial para mais informações e saber toda a história da High Line. 

Eu caminhei de ponta a ponta, entrei pela 30th street e fui até o final. E recomendo que assim o façam, pois cada parte da Parque é diferente das demais, apesar de seguirem um perfil comum. Vale a pena conhecer a High Line em toda sua extensão.

 

Entrada do High Line Park pela 30th street com placas informando as regras do Parque, horário de funcionamento, programação e mapa do local. 

Vista da parte que ainda será inaugurada em 2014.
 

 

Mas quem não quiser percorrer toda a extensão do parque, pode acessar o local, através de escadas localizadas nos seguintes locais:
  • Gansevoort Street
  • 14th Street West*
  • 16th Street*
  • West 18th Street
  • West 20th Street
  • 23rd Street*
  • West 26th Street
  • West 28th Street
  • West 30th Street*
 * Entradas com acesso também por elevador.

     

Andando da 30th para a Gansevoort street, como eu fiz, você terá à esquerda os arranha-céus de Manhattan, ao longo da 10ª Avenida, e à direita, o rio Hudson. Por todo o trajeto você andará por um deck de madeira  ou concreto, mas sempre intercalado com vários tipos de flores, arbustos e até árvores. 



 

 


Em vários trechos é possível observar os trilhos originais da High Line que, juntamente com os bancos e espreguiçadeiras de madeira espalhados pelo caminho, dão um charme todo especial ao local. Tudo isso a elevado a 9 metros do chão.

Existe até uma pequena arquibancada virada pra rua, onde as pessoas ficam ali sentadas observando o trânsito, como se estivessem assistindo a um filme do caos costumeiro da Big Apple.








Olhando de baixo, ao nível da rua, você não tem a mínima noção do que já lá em cima. Por isso, muitos desavisados passam ali por baixo sem nem fazer ideia do que está acima de suas cabeças. Também já soube de casos de pessoas que chegam lá com o mapa em mãos, mas não encontram o local por não saberem que se trata de um parque suspenso, e outros que não sabem como chegar lá em cima. (Já que os acessos são apenas pelas entradas de determinadas ruas, como citei antes).


Durante a caminhada, passei por todo o tipo de pessoas, entre locais e turistas. Famílias com crianças, casais de namorados, grupos de amigos, idosos, adolescentes... todos desfrutando, democraticamente, o local. Gastei uma tarde toda de domingo lá e foi uma delícia! Caminhei, tirei fotos, fiquei sentada nos bancos olhando o movimento e deitada nas espreguiçadeiras tomando um sorvete de um dos bares/quiosques do High Line (confira aqui a lista de bares do local). Finalizei o dia assistindo (e fotografando) o sol se pondo no rio Hudson! Espetacular!  







Ao que tudo indica a transformação da High Line tem contribuído também para a transformação de seu entorno. O Parque está rodeado por prédios projetados por famosos arquitetos como o The Standard Hotel, um moderno hotel boutique que, com suas paredes de vidro, é uma atração à parte para os que caminham na High Line devido ao exibicionismo de alguns de seus hóspedes. E é interessante notar como alguns dos moradores e do comércio do entorno também caracterizam seus prédios, tornando-os uma atração a parte!

The Standard Hotel


  

Olhando de longe parece ser alguém dando tchauzinho na janela mas, na verdade, é apenas um painel!rs

Programinha de verão: tomar sol na "laje" rs
A região é hoje uma das mais badaladas da cidade e conta com alguns dos melhores bares e restaurantes do momento. Como você pode conferir aqui. Além de grifes de moda, galerias de artes e uma infinidade de opções gastronômicas e culturais.

--
Tá indo viajar? 

➥ Reserve sua hospedagem pelo Booking, o maior portal de hospedagem do Brasil. Garanta já o melhor preço e vários descontos. É rápido, fácil e seguro!




➥ Não se esqueça de fazer seu seguro viagem. A Real Seguros trabalha com as melhores seguradoras do país. Compare e escolha a melhor opção pra você. Viaje sem correr riscos!

Seguro viagem america do norte 728x90
➥ E se for alugar um carro, use o serviço da nossa parceira Rental Cars que compara preços e carros de várias locadoras no mundo todo!




✔ Você não paga nada a mais por nada disso, pelo contrário, economiza conseguindo os melhores preços e descontos! E ainda ajuda esse blog a se manter!! ✌

7 comentários :

  1. Olá Renata, o seu blog é tudo de bom...Esta postagem sobre o the high line veio bem a calhar...vou passar uns dias em NY e pretendo conhecer este parque, ótimas fotos!!! Espero que até abril o frio/neve já tenham ido embora.
    Abrçs.
    Ana Silvia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Ana, obrigada!
      Você vai gostar muito de lá! E a visão na primavera deve ser outra bem diferente, e deve ser ainda mais linda!!
      Boa viagem e aproveite muito!

      Excluir
    2. Olá Renata!
      Em abril/2013 estive em NY. O frio ainda era bastante..Acabamos não indo no High Line..Ficará para a próxima!! Mas adorei a cidade, assim que der ($$$) volto!!
      O engraçado: Hoje, de novo procurando dicas de NY, encontrei a msg que escrevi para você. Daí minha resposta 13 meses depois.
      Um abraço.
      Ana Silvia

      Excluir
    3. Oi Ana,
      Hahaha.. que engraçado! Coincidência!
      Ahh pena que não deu pra ir lá, o parque é bem bacana!
      Mas bom que já tem motivo pra voltar, né? rs
      Eu também deixei de fazer várias coisas e olha que já fui 3 vezes! rs

      Excluir
  2. Boa noite Renata, sou estudante de Arquitetura e Urbanismo, e estou fazendo um trabalho sobre o High Line Park, e seu post numa visão mais dinâmica, me ajudou muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz em ter ajudado, Pamela! :-)

      Excluir
  3. Olá Renata, seu relato me ajudou muito no planejamento da viagem que fiz esse ano para NY. Como também tenho um blog que tb pertence ao RBBV gostaria de saber se posso colocar o link desse post como referencia sobre o high line, pois está super detalhado contando toda a historia. Meu Blog: teencontroviajando.blogspot.com.br. Bjs

    ResponderExcluir

Comente aqui