9

Trilha do Morro Dois Irmãos | Rio de Janeiro

Renata Campos | 13.11.13 |

Que o Rio de Janeiro é (e continua) lindo todo mundo sabe! Não é por acaso que seus principais atrativos são aqueles em que se pode apreciar as belas vistas da cidade maravilhosa. Estão aí o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, a vista chinesa e tantos outros mirantes que não me deixam mentir. Pra maioria deles, você não precisa de muito esforço para chegar ao topo, dá pra ir de carro, trem, bondinho...

Mas, existem outras opções que oferecem vistas até mais bonitas mas, pra isso, é preciso um pouco mais de esforço, como é o caso da trilha do Morro Dois Irmãos. Do alto do "irmão maior", temos uma vista de 360° da cidade que recompensa todo o esforço da subida!! A trilha foi aberta recentemente, somente depois da pacificação da Favela do Vidigal, que aconteceu há cerca de 2 anos, mas ela vem se tornando popular mesmo, apenas nos últimos meses.


Aproveitei então, o Encontro de Viajantes do Rio pra fazer a trilha com parte da galera que foi ao encontro. Nós fomos guiados pelo Vitor Marigo, um dos sócios da empresa Rio Xtreme e também pelo guia Antônio. 

Marcamos de nos encontrar às 8:30 no Hotel Sheraton, na Avenida Niemeyer, no Leblon. Ainda no hotel, já tivemos uma bela vista do morro dois irmãos e do desafio que teríamos pela frente. Mas olhando assim, de baixo, e por esse ângulo, o morro parece bem mais íngreme do que realmente é. Quer dizer, íngreme ele é mesmo, mas a subida é feita pela parte menos inclinada do morro, que fica na parte de trás. A trilha não é longa, são apenas 1,6 km, mas como é só subida, é preciso pelo menos 1:30 min. pra percorrê-la.

Morro Dois Irmãos visto do Hotel Sheraton
Mapa da trilha do Morro Dois Irmãos
Foto: www.oglobo.com

Do hotel, caminhamos até da entrada da Favela do Vidigal, por onde iniciamos a trilha. A favela, hoje pacificada, já foi uma das mais violentas do Rio e, por isso mesmo, era praticamente impossível fazer a trilha. Só depois da pacificação, em meados de 2011, é que a trilha começou a ser realizada. Atualmente, o Vidigal é uma das favelas mais, digamos, pops do Rio. Cariocas e turistas também, claro, vêm frequentando cada vez mais o lugar. As festas no Vidigal são famosas!! E, aproveitando de toda popularidade, alguns hostels já se instalaram por lá. Sem falar que a vista é lindíssima!! 

Vista linda da favela do Vidigal

Pra chegar até o topo da favela, e início da trilha, optamos pelo moto-táxi (R$5,00), assim economizamos uns 40 minutos de subida e poupamos energia pra trilha em si. E a emoção já começa nessa hora.  Porque subir de moto por aquelas ruas estreitinhas e cheias de curvas e ainda desviando de gente, menino correndo, cachorro, carro, kombi, outras motos e sei lá mais o que, é adrenalina pura! Quem não tiver coragem de encarar a motoca, pode subir de kombi também, que é até mais barato (R$2,50), mas é mais demorado e só sai quando enche. 

Lá em cima, onde as motos param (a kombi para um pouco mais pra baixo) tem uma vendinha com água, biscoitos, picolé, açaí... pro final da trilha, né gente? rs. Ou então pra comprar alguma coisinha pra comer, caso alguém tenha esquecido de levar. Nós usamos o banheiro de lá.

Parece que são 2 opções para iniciar a trilha, nós começamos pelo “arvrão” que, dizem, é mais curta. Logo no início, a trilha é bem íngreme e, apesar das subidas serem meio puxadas, dá pra ir de boa se for parando, sempre que preciso. No primeiro mirante temos uma vista de toda a favela da Rocinha e também da praia de São Conrado, da Pedra da Gávea e do Cristo Redentor.

Vista da praia de São Conrado e da Pedra da Gávea
Vista da favela da Rocinha
O Cristo visto do 1° mirante do Morro Dois Irmãos. 
Galera reunida no 1° mirante
Foto: Vitor Marigo

Após esse primeiro mirante, a trilha fica um pouco menos íngreme mas, em compensação, ela é praticamente toda aberta, sem as árvores que davam, um certo conforto térmico na primeira parte do trajeto. Portanto, não esqueça do boné e do filtro solar pois farão falta. 

A trilha do Morro Dois Irmãos

E, finalmente, depois mais alguns bons minutos de subida, chegamos ao topo do irmão maior do Morro Dois Irmãos. Lá do alto temos uma vista de 360° da cidade. Coisa linda de se ver!!

Descendo um pouquinho mais, tem um mirante com uma bela vista da zona sul da cidade, com direito ao Cristo Redentor, ao Pão-de-Açúcar, à Lagoa Rodrigo de Freitas, Baía da Guanabara e as praias do Leblon, Ipanema e Arpoador, entre outros.

Foto: www.trilhadoisirmaos.com.br
Vista da zona oeste da cidade
Vista da zona sul da cidade
Ao chegar ao mirante é hora de parar um pouquinho, descansar da subida, apreciar a vista e tirar muitas fotos, claro! É hora também de repor as energias e fazer um lanchinho que, espero, você tenha lembrado de levar. Ficamos lá um tempão e só fomos embora quando o sol começou a torrar e o lugar a encher de gente!!

Por isso, fica a dica, quanto mais cedo você for, mais tranquila estará a trilha e, consequentemente, os mirantes também. Quando descemos, passamos novamente pelo primeiro mirante e ele estava completamente lotado!!

Descansando no mirante do irmão maior do Morro Dois Irmãos
Foto: Vitor Marigo
Rio de Janeiro
Rio de Janeiro

O caminho de descida é exatamente o mesmo da subida. E apesar de "pra baixo todo santo ajudar", tem vários trechos onde a descida é bem escorregadia, então atenção redobrada!! Ainda assim, ninguém está livre de uma escorregainhda e/ou um tombinho básico! rs. Por essas e outras, o ideal é fazer a trilha de tênis, ele dará mais segurança nas subidas e descidas. Uma das meninas do nosso grupo resolveu fazer a trilha na última hora e acabou indo de chinelo mesmo, posso afirmar que ela não recomenda de jeito nenhum!! Ela teve muito mais dificuldade pra fazer a trilha, em alguns momentos ela chegou até a tirar os chinelos pra ter mais segurança. E pra quem, como eu, morre de calor com o pé todo fechado (ainda mais no Rio de Janeiro, né?), a dica é usar papetes, essa sandália aí da foto de cima que tem calçado de tênis e, por isso, dá segurança pra caminhadas, mas não "ferve" nossos pés como o tênis faz! rs

Após terminarmos a trilha, descemos também a favela do Vidigal à pé, dessa vez. O bacana é que pudemos conhecer um pouco da favela, as casas, os moradores e as belas vistas. O caminho da descida pela favela é mais curto, pois não passamos pelas mesmas ruas estreitas que subimos de moto, mas sim por algumas escadas.

Começando a descer a trilha..
Morro Dois Irmãos
Favela do Vidigal

Chegando ao pé da favela, alguns pegaram um ônibus no ponto que fica logo em frente (do outro lado da rua). Mas nós fomos caminhando até o Mirante do Leblon, que também tem uma bela vista de toda a praia e parte do bairro homônimo. De lá, fomos pra um descanso mais que merecido na praia do Lebon. Olhando, dessa vez só de longe, o Morro Dois Irmãos de onde tínhamos acabado de descer!!

Vista do Mirante do Lebon
Rio de Janeiro
Vista do Morro Dois Irmãos a partir da praia do Leblon

Para mais informações sobre esse e outros tours que a Rio Xtreme oferece, acesse:




--
Tá indo viajar? 

➥ Reserve sua hospedagem pelo Booking, o maior portal de hospedagem do Brasil. Garanta já o melhor preço e vários descontos. É rápido, fácil e seguro!




➥ Não se esqueça de fazer seu seguro viagem. A Real Seguros trabalha com as melhores seguradoras do país. Compare e escolha a melhor opção pra você. Viaje sem correr riscos!

Seguro viagem brasil 728x90

➥ E se for alugar um carro, use o serviço da nossa parceira Rental Cars que compara preços e carros de várias locadoras no mundo todo!




✔ Você não paga nada a mais por nada disso, pelo contrário, economiza conseguindo os melhores preços e descontos! E ainda ajuda esse blog a se manter!! ✌

9 comentários :

  1. Foi show essa trilha hein! Lindas fotos Rê! Beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi ótima mesmo! Obrigada!! :-)

      Excluir
  2. Livia V.2.6.14

    Olá Renata! Muito legal seu post. Você se lembra quanto pagou para fazer a trilha? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Livia, tudo bem?
      Então, essa trilha foi uma das atividades que fiz durante um encontro de viajantes no Rio, então não pagamos nada!
      Mas pra saber preços e mais informações, entre em contato com eles através desse link http://pt.rioxtreme.com/Contact
      A trilha é show, vale a pena, viu?

      Excluir
    2. Lívia2.6.14

      Muito obrigada! Vou fazer sim, o visual deve ser incrivel la de cima, da pra sentir pelas fotos!

      Excluir
  3. Olá Renata, seu relato da subida ficou muito bom. Pretendo fazê-la em breve e suas infos foram de grande valia. Obrigado e bons passeios!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriel, obrigada!!
      Vá mesmo porque o visual é lindo!
      Bom proveito!

      Excluir
  4. Renata boa tarde,

    Uma pergunta, tem algum lugar para parar o carro fora o hotel?

    Pois deve ser muito caro deixar o carro lá por 3 a 4 horas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wilton, tudo bem?
      Eu não reparei em local para deixar o carro e não lembro direito mais. Mas a rua ali é bem estreita e sei que não tem como deixar o carro, mas acredito que ali próximo tenha lugar sim. Ali próximo ao mirante do Leblon acho que é possível deixar o carro, ou no Leblon mesmo. Mas tem ponto de ônibus ali perto ou dá pra ir de táxi também, se preferir!

      Excluir

Comente aqui