RêVivendo Viagens

RêVivendo Viagens

Rêvivendo Fotografias: Tsaritsyno Parque. Moscou

Renata Campos | 27.5.19 | | | | | | | Seja o 1º a comentar!!
Um lugar super legal e pouco turístico que conheci em Moscou foi o Tsaritsyno Museum-Reserve que fica no parque de mesmo nome. O lugar é enorme (assim como tudo na Rússia rs), tem mais de 400 hectares onde se encontra um grande palácio, jardins, fontes, pontes, arcos etc. 

A história do lugar é muito interessante e foi o que me despertou o interesse de conhecê-lo. Lá em 1775, a Imperatriz russa Catarina, a Grande, mandou construir no local um palácio para ser sua residência. Depois de 10 anos de obras, a imperatriz demitiu o arquiteto responsável e mandou destruir o palácio. E, então, a construção reiniciou praticamente do zero! 

Veja outras opções de hospedagem em Moscou 

Mas o palácio não chegou a ficar pronto. Catarina faleceu em 1796 e as obras foram paralisadas. Somente 200 anos depois, a construção e restauração do local foi retomada. E apenas em 2007, o Parque Tsaritsyno foi aberto ao público. O grande palácio funciona hoje como  museu de história e arquitetura. 

O Parque funciona todos os dias de 6h da manhã à meia noite. Já o complexo do Palácio, que abriga o museu, abre de terça a sexta de 10h às 18h, sábado de 10h às 20h e domingo de 10h às 19h. Já nas segundas-feiras, o museu não abre. 


O ingresso para visitar todo o complexo custa 780 rublos (algo em torno de 50 reais - em junho de 2018). Mas, quem não quiser visitar todo o Complexo pode comprar ingressos separados para atrativos específicos. Nesse caso, os preços variam de 150 a 350 rublos. E todo 3° domingo do mês, a entrada é grátis #FicaaDica 😉  Bom, mas mesmo que você não queira entrar no museu, vale a pena visitar o lugar para admirar as construções e os jardins. O lugar é bem bonito. 

Para chegar lá é só pegar o metrô da linha verde e descer na estação Tsaritsyno ou na Orekhovo. Eu cheguei pela estação Tsaritsyno, caminhei pelos jardins até o museu. Depois, fui embora pela estação Orekhovo, que é mais próxima do museu em si.

Já segue o blog no Instagram? Vai lá então: @revivendoviagens
Tá cheio de fotos lindas de Moscou lá! É só procurar pela hashtag #RêVivendoMoscou


RÊVIVENDO FOTOGRAFIAS 
Toda segunda-feira, uma viagem é revivida aqui através de uma fotografia. 
Foto de hojeTsaritsyno Parque - Moscou, Rússia.


Parque Tsaritsyno Moscou Russia
Parte do grande Palácio, que hoje é um museu, no Parque Tsaritsyno


Continue lendo ►

Um passeio pelo Rio Liffey em Dublin

Renata Campos | 9.5.19 | | | | | Seja o 1º a comentar!!
Dublin Irlanda


Rio Liffey é um dos principais da Irlanda. Nasce nas montanhas do condado de Wicklow até desaguar no mar em  Dublin e divide a cidade em 2 setores: a parte norte, onde ficam os "bairros" ímpares, tipo Dublin 1, Dublin 3, etc e tal; e a parte sul onde ficam as "Dublins pares". 
Ligando uma parte à outra da cidade, existem mais de 20 pontes que, por si só, são um atrativo turístico. Cada ponte conta com uma história própria, cada uma foi criada em épocas distintas e possuem arquiteturas totalmente diferentes entre si. Entre elas se destacam:

Continue lendo ►

RêVivendo Fotografias: Montanha Untersberg em Salzburgo

Renata Campos | 29.4.19 | | | | | | Seja o 1º a comentar!!
Salzburgo é uma cidadezinha austríaca fofa (se bem que isso é quase um pleonasmo quando se trata da Áustria rs) que acaba passando batida por muita gente que visita o país. Uma pena! 

Muita gente acaba fazendo apenas um bate e volta para Salzburgo a partir da capital Viena ou mesmo de Munique, já que a cidade faz fronteira com a Alemanha. Mas isso é algo que eu, definitivamente, não recomendo. Apesar de ser pequena, Salzburgo tem muita coisa interessante a oferecer tanto na cidade como, nos arredores. E é uma ótima base para conhecer outros lugares e cidadezinhas da região. 

Um lugar super interessante e bem fácil de chegar é Untersberg, montanha que fica na província de Grodig, a pouco mais de 15km do centro de Salzburgo. Para chegar lá é só pegar o ônibus 25, que tem como ponto final a base da montanha. E aí, você já estará de frente à estação do cable car, um bondinho que te levará até o topo da montanha, que fica a quase 1.800 metros de altitude.


A viagem montanha acima dura cerca de 10 minutos. Aproveite o tempo pra se deliciar com a vista que vai ficando cada vez mais bonita à medida que vamos subindo. Chegando ao topo, existem alguns mirantes com vistas lindíssimas da região. 

Você pode ficar só por ali apenas nos mirantes principais mesmo ou se aventurar por uma das várias trilhas na montanha. No inverno, ainda existe a possibilidade de fazer alguns esportes de inverno como esqui e snowboard

Eu visitei o Untersberg no verão e peguei um dia lindo e ensolarado. Optei por fazer uma trilha curtinha, até uma cruz que fica no alto de um morro, para observar o lugar por outros ângulos. Vá de tênis ou algum outro calçado confortável e com solado bom, pois a trilha tem várias pedras. Na volta, aproveitei o calor para tomar uma cerveja e comer algo cercada pro um belo visual em um dos restaurantes do topo da montanha. 
O teleférico funciona todos os dias, geralmente de 08:30 às 17:00. Mas, no inverno, o horário de funcionamento é mais restrito. Além do que, ele fecha vários dias durante o ano para manutenção. Então, o ideal, é consultar os horários direto no site oficial

O ticket custa 25 euros ida e volta. Também é possível comprar apenas um trecho (€16 subida e €15 descida) caso queira fazer o outro trecho caminhando. Mas antes de pensar em economizar com o bondinho, saiba que a caminhada envolve um ganho de 1300 metros de altitude. Ou seja, não é pra qualquer um não! 😅

Uma forma de economizar mais palpável é comprar o Salzburgo Card, que custa 29 euros e inclui, não apenas o bondinho de Untersberg, como a passagem de ônibus até lá. Além de vários outros atrativos turísticos de Salzburgo. Vale muitíssimo a pena! Existe a opção de 24, 48 e 72 horas. E os preços, obviamente, vão aumentando. Confira todas as informações nesse link e garanta seu Salzburgo Card o quanto antes.

RÊVIVENDO FOTOGRAFIAS
 
Toda segunda-feira, uma viagem é revivida aqui através de uma fotografia. 
Foto de hojeMontanha Untersberg - Salzburgo, Áustria.

Untersberg. Salzburgo. Áustria
Em um dos mirantes do topo da Montanha Untersberg

Continue lendo ►

RêVivendo Fotografias: Castelo Wawel - Cracóvia, Polônia

Renata Campos | 25.3.19 | | | | | Seja o 1º a comentar!!
O Castelo Wawel é um dos principais atrativos da Cracóvia. Ele fica no alto da Colina Wawel e pode ser visto de várias partes da cidade. São várias atrações diferentes dentro do complexo que, além do Castelo em si com suas várias atrações, também engloba a Catedral Basílica de São Estanislau e São Wenceslau.

Os preços dos ingressos são separados por atrações, têm valores diferentes pra cada uma delas e também variam de acordo com as estações do ano. No verão os preços são mais altos que no inverno. Em compensação, existem exposições temporárias que só funcionam no verão. Então, o ideal é dar uma pesquisada antes pra comprar os ingressos somente pro que quiser e/ou tiver tempo de visitar e não gastar dinheiro à toa. Confira os preços de cada atração em cada época do ano no site oficial.


Quem não quiser gastar nem um realzinho sequer pode apenas visitar o Complexo Wawel sem entrar em nenhum atrativo. Só o passeio pela colina, os jardins, a estátua do Papa João Paulo II (que nasceu em Cracóvia) e os muros do lugar, que tem uma vista bem legal da cidade, já valem super a pena! Além disso, a entrada para a Catedral também é gratuita. Paga-se apenas para visitar atrações especiais como o museu, as tumbas e o sino. Veja horários de funcionamento da Catedral e os preços dos ingressos das atrações no site oficial.

O Complexo Wawel abre todos os dias às 6h da manhã, já o horário de encerramento varia de acordo com  época do ano, sendo 17h no auge do inverno e 21h no auge do verão, passando por horários intermediários ao longo do ano. Já os atrativos do Castelo e a Catedral têm horários mais restritos. Confira todos os horários aqui.


O Complexo fica a pouco mais de 10 minutos de caminhada da bela Praça do Mercado, que é a praça principal da cidade (falei dela com mais detalhes nesse post). Não é necessário pegar nenhum tipo de transporte para chegar lá, a não ser que você queira mesmo. É bem comum as pessoas pegarem uma carruagem para ir da praça ao castelo mas, além de desnecessário, ainda acho uma maldade com os animais. Vá caminhando e aproveite para conhecer novos lugares da cidade no caminho.

Reserve, pelo menos, meio dia para visitar o Complexo. Se for entrar em todas as atrações do Castelo e da Catedral, pode ser que você gaste até mesmo um dia inteiro, dependendo do tempo que ficar em cada local. Já se não for entrar em nada, umas 2 horas está de bom tamanho.

RÊVIVENDO FOTOGRAFIAS 
Toda segunda-feira, uma viagem é revivida aqui através de uma fotografia. 
Foto de hojeCastelo Wawel - Cracóvia, Polônia

Castelo Wawel. Cracóvia, Polônia
Parte do belo Castelo Wawel, com a Catedral em destaque ao centro.
Cracóvia, Polônia.

Continue lendo ►

Tailândia - Roteiro de Viagem

Renata Campos | 14.3.19 | | | | | | | | | | | 12 Comentários

roteiro de viagem tailândia


Ahhh Tailândia! Como não se apaixonar por esse país incrível, de uma cultura riquíssima e interessantíssima, com um povo super simpático e sorridente e praias paradisíacas? Essa é praticamente uma tarefa impossível! 

Uma coisa é fato: você vai amar a Tailândia e já vai fazer planos de voltar, antes mesmo de ir embora! Essa foi, inclusive, a primeira coisa que falei no post 15 coisas que você precisa saber ANTES de ir pra Tailândia. Se você estiver indo pra Tailândia, aproveita e já dá uma lida lá também. Tem muita dica útil pra você programar sua viagem e não cair em furadas!
Continue lendo ►

RêVivendo Fotografias: Catedral do Sangue Derramado. São Petersburgo.

Renata Campos | 11.3.19 | | | | | | | Seja o 1º a comentar!!
Quando a gente pensa na Rússia vem logo à cabeça suas igrejas ortodoxas coloridas e maravilhosas, não é mesmo? Elas são, com certeza, uns dos principais atrativos turísticos da Rússia! E não deveriam ficar de fora de nenhum roteiro pelo país.

De todas que conheci, duas merecem destaque: a Catedral de São Basílio em Moscou, da qual já falei nesse post: Catedral de São Basílio, Moscou. e a Catedral do Sangue Derramado, em São Petersburgo, da qual eu falarei hoje.


O nome original do local é Igreja da Ressurreição do Cristo Salvador, mas ela é conhecida pelo nome de Igreja do Sangue Derramado pois foi construída como forma de homenagem ao Czar Alexandre II, que sofreu um atento e foi assassinado no local em 1881. 

A construção da igreja teve início 2 anos após o atentado, a mando de Alexandre III, como uma forma de lembrança ao assassinato do seu pai. Mas a obra só ficou pronta anos depois, em 1907, já no reinado de Nicolau II.

A igreja nunca funcionou como igreja mesmo, com missas e celebrações. Sempre foi um local de homenagem a Alexandre II e passou anos desativada durante a Revolução Russa. Ela chegou a servir até mesmo como depósito de batatas.

Como se não bastasse, durante a Segunda Guerra Mundial, São Petersburgo foi duramente bombardeada. Mas a igreja não apenas permaneceu firme e forte, como uma das bombas permaneceu intacta em sua cúpula sendo descoberta quase 20 anos depois! Isso aconteceu na década de 1970. A igreja então passou por anos de reparo, até ser inaugurada, em 1995, como museu estatal, onde é possível conhecer um pouco mais da história de Alexandre II assim como da própria igreja.  


Se por fora, a igreja é bonita como vocês podem ver na foto (apesar da cúpula estar em reparo quando eu estive lá em junho de 2018), por dentro então... nem tenho palavras pra descrever a maravilha do lugar. É de deixar qualquer um de queixo caído. As imagens são gigantescas, super coloridas e todas feitas em mosaico. Incrível! Eu fiquei séculos lá dentro boquiaberta, olhando cada detalhe, totalmente emocionada com tamanha beleza!

Ficaram curiosos pra ver o interior da igreja? Então dá só uma olhada nessas fotos que postei no Instagram pra vocês terem uma pequena noção do que eu estou falando. Eu também salvei os stories de com vídeos de lá, assim como de outros lugares lindos da cidade É só entrar no meu perfil do Instagram e procurar pelo destaque (aquelas "bolinhas" de destinos) de São Petersburgo. Ou clicar direto nesse link aqui pra assistir.

Já segue o blog no Instagram? Vai lá então: @revivendoviagens
Tá cheio de fotos lindas de  São Petersburgo lá! 
É só procurar pela hashtag #RêVivendoSãoPetersburgo

A igreja abre todos os dias (exceto quarta, que é fechada) de 10:30 às 18:00. Mas, de final de abril até final de setembro, funciona também num horário extra de 18:30 às 22:30. O preço do ingresso no horário normal é 250 rublos ±15 reais. E no horário extra 400 rublos (±23 reais). 

Minha dica de ouro: vá no horário extra!!! É infinitamente mais vazio e você vai poder conhecer o lugar com calma e sem a super lotação de turistas durante o dia, além de não pegar fila nenhuma pra comprar. Segue minha dica que eu tenho certeza absoluta que vocês vão amar! 

Caso queira se aprofundar na história do lugar, existe também a possibilidade de fazer um tour guiado (em inglês) ou de alugar um áudio guia (em inglês, espanhol e outras línguas, mas não português). Ambos podem ser contratados lá na hora.


RÊVIVENDO FOTOGRAFIAS 
Toda segunda-feira, uma viagem é revivida aqui através de uma fotografia. 
Foto de hojeCatedral do Sangue Derramado. São Petersburgo. 

Catedral do São Derramado, em São Petersburgo. Rússia
A belíssima Catedral do São Derramado, em São Petersburgo. Rússia
Continue lendo ►

As praias de Boipeba

Renata Campos | 28.2.19 | | | | | | | 2 Comentários
praias da ilha de boipeba bahia

Ilha de Boipeba, na Bahia, está cercada de belas praias por todos os lados! Praias paradisíacas que NÃO ficam lotadas nem mesmo em alta temporada! Parece um sonho? Pois é, assim é Boipeba! Uma ilha rústica, simples, não muito fácil de chegar (o que acaba preservando a ilha como tal) e com paisagens belíssimas!
Continue lendo ►

RêVivendo Fotografias: Pôr do Sol na Toca do Morcego

Renata Campos | 11.2.19 | | | | | | Seja o 1º a comentar!!
Morro de São Paulo, na Bahia, é um lugar incrível! Acabei de voltar da minha 4ª vez na ilha e, garanto, não será a última! Cada viagem que eu fiz, foi uma experiência diferente! Embora o cenário seja basicamente o mesmo.

A ilha é pequena, e como não existe uma variedade muito grande de atrativos, a gente acaba repetindo as mesmas coisas praticamente todas as vezes. O que não quer dizer que isso seja algo ruim. Pelo contrário!

Mas existe um lugar que eu faço questão de ir todas as vezes: a Toca do Morcego. Aliás, acho que essa é uma das principais razões de eu gastar tanto de Morro. A Toca é, disparado, o meu lugar preferido na ilha! 


Pra quem nunca ouviu falar, a Toca do Morcego é um bar super bacana estrategicamente posicionado no topo do morro e que tem uma vista privilegiadíssima. Por isso, é o melhor lugar de Morro de São Paulo para assistir ao pôr do sol! 

Para o pôr do sol, o bar abre todos os dias às 16:30 e fecha às 22h. E, nos dias de festa, reabre novamente meia noite. Leia o post RêVivendo Morro de São Paulo para ficar por dentro da programação noturna de Morro de São Paulo e conhecer melhor a ilha. 

É bom chegar cedo se quiser garantir uma mesa próximo à mureta. Mas, sinceramente? O lugar é tão legal que nem faz tanta diferença assim onde você vai sentar. O que vale mesmo é o ambiente como um todo, o clima descontraído, a música boa, as pessoas, enfim... o contexto geral.  


A entrada custa R$15,00 (janeiro de 2019) e vale cada centavo. Antes do pôr do sol rola um dj sempre com excelente repertório musical e, depois que o sol se põe, tem sempre um showzinho ao vivo da melhor qualidade. Eu já fui várias vezes na Toca, em anos diferentes, e NUNCA ouvi música ruim por lá! 💓

Então, fica a dica: inclua a Toca do Morcego no seu roteiro em Morro de São Paulo! E vá logo nos primeiros dias, porque tenho certeza que você vai querer ir de novo de tão legal que é o lugar! Ahhh e pra quem curte, a caipiroska de manga deles é simplesmente divina! Experimenta e depois me conta! rs

Pra ver mais fotos e outras informações sobre a Toca do Morcego, assim como de outros lugares bacanas para curtir o pôr do sol na ilha, leia o post: Onde assistir ao pôr do sol em Morro de São Paulo

👉 Confira todos os posts sobre Morro de São Paulo: RêVivendo Morro de São Paulo



RÊVIVENDO FOTOGRAFIAS 
Toda segunda-feira, uma viagem é revivida aqui através de uma fotografia. 
Foto de hojePôr do sol na Toca do Morcego. Morro de São Paulo. Bahia.


Pôr do sol na Toca do Morcego, em Morro de São Paulo. Bahia,
Pôr do sol na Toca do Morcego, em Morro de São Paulo. Bahia.

Continue lendo ►