1

Trilha pra Laguna Torre - El Chaltén

Renata Campos | 28.7.17 |
El Chaltén Patagônia Argentina


A maioria das pessoas que vai à Patagônia Argentina acaba visitando basicamente El Calafate e Ushuaia, que são cidade maiores e providas de aeroporto. Mas a pequena El Chaltén - que fica a 3 horas de ônibus de El Calafate - merece, e muito, ser incluída no roteiro. Das 3 foi a minha cidade preferida! 

A cidade em si mesmo não tem nada demais, mas a natureza ao seu redor é de deixar qualquer um de queixo caído! Por isso, ela é visitada basicamente pelos amantes de trekking e escalada. É, inclusive, um dos melhores lugares de escalada do mundo. E tem picos maravilhosos e internacionalmente conhecidos como o Fitz Roy, o Cerro Torre entre outros, que atraem escaladores de todo o mundo.




Mas além dos picos de escalada, El Chaltén tem uma infinidade enorme de trilhas dos mais diversos graus de dificuldade. Existem desde as mais tranquilinhas de poucos Km, até as trilhas mais pesadas, que envolvem até mais de um dia de caminhada. Eu passei apenas 3 dias na cidade, mas se você puder fique mais tempo. El Chaltén tem muuuuuuuuito lugar bacana pra ser explorado. Nesses 3 dias, eu fiz apenas 2 trilhas, porque estava me recuperando de uma torção no pé (que na verdade eu nunca me recuperei totalmente, mesmo depois de 80 sessões de fisioterapia, ainda fiquei com limitação de movimento)! 

Logo no dia que chegamos fizemos a trilha do Mirador de Los Condores (da qual eu falei nesse post). Ela é bem curtinha e ótima pra ter uma visão geral do lugar, sem falar que tem paisagens lindíssimas! Mas a grande estrela da viagem foi a trilha pra Laguna Torre, que fizemos no 2° dia. A trilha tem 22km - ida e volta. Considerando mais 1 ou 2km da pousada até o início da trilha. Acaba dando uns 25km no total! Peeeeensa num pé que doeu! 😖 Achei que não fosse dar conta de terminar a trilha! No outro dia eu nem andava direito! Meu pé tava tão inchado que não cabia na bota mais! Mas não me arrependo, a trilha é ma-ra-vi-lho-sa! Valeu a pena todo o esforço e a dor!

TRILHA DA LAGUNA TORRE


A Laguna Torre faz parte do Parque Nacional Los Glaciares e, apesar de fazer parte do Parque, não é cobrada entrada, assim como outros tantos atrativos de El Chaltén. Tudo free! Como eu comentei acima, a trilha até a lagoa tem 11 km (22 km no total) e nível médio de dificuldade. Apesar de uma subida mais chatinha nos primeiros quilômetros (que, no final, vira uma descida chata pros joelhos já cansados), a trilha como um todo é bem tranquila, apesar de ser longa. Mas se eu dei conta com o pé recém torcido, qualquer um com pés em forma, dará também! rs

No início da trilha há uma placa indicativa e logo em seguida outra com algumas informações do percusso. É tudo muito bem sinalizado e o caminho bem demarcado. Dá pra fazer sozinho tranquilamente, sem guia, nem mapa, nem GPS, nada, não tem erro é só seguir o fluxo!

El Chalten Patagonia Argentina
Início da trilha pra Laguna Torre

El Chalten Patagonia Argentina
Paisagens do caminho, rios e bosques
El Chalten Patagonia Argentina
Ao longo da trilha existem lugares para coletar água limpa

Devido à situação do meu pé, a minha ideia inicial era fazer apenas os 5 primeiros quilômetros até o mirante, o Mirador Cerro Torre e voltar de lá. Maaaas... quem disse? rs A vista maravilhosa do mirante me fez querer mais! Até porque eu cheguei lá super bem e quase sem dor... tava com o corpo quente e ainda sob efeito de anti-inflamatórios e analgésicos! Aí resolvi que faria a trilha até o fim. Afinal de contas, eu já tinha passado a parte mais complicada da trilha, que era a subida chata e sabia que dali pra frente ela seria mais tranquila e mais bonita também. 

El Chalten Patagonia Argentina
 O Mirador Cerro Torre tem essa vista liiiinda do Cerro Torre (esse mais pontudinho aí no canto direito da foto).
Agora me diz, qual a chance de eu desistir da trilha depois de ver tudo isso? Nenhuma, né? Rs

Essa segunda tarde da trilha é simplesmente maravilhosa! Um lugar mais lindo que o outro! Parecia até pintura de tão incrível! Cada lugar que passávamos, nos deparávamos com uma paisagem mais bonita que a outra! Impressionante! 

E foi assim, envolvida pela beleza do lugar que eu continuei caminhando e ignorando a dor e meio que meio que anestesiada pela beleza do lugar! Mas chegou uma hora que o cansaço bateu e a dor foi ficando insuportável. Foi um suplício chegar ao final. Pensei, váááárias vezes em parar e ficar sentada em algum lugar esperando minhas amigas. Mas ao mesmo tempo que pensava que já tinha visto muitas paisagens bonitas durante a trilha e estava mais do que satisfeita, eu pensava que era uma questão de honra eu chegar até o final! 

El Chlaten Patagonia Argentina
El chalten patagonia argentina
el chalten patagonia argentina
Cada paisagem mais linda que a outra durante a trilha

Vocês não fazem ideia da minha felicidade ao chegar à Laguna Torre. Nem acreditei quando eu sentei e tirei a bota! Foi um alívio tamanho! Só depois de alguns minutos e quase um tubo de biofenac, é que fui conseguir curtir o lugar e a paisagem incrível. A Laguna Torre, como o nome já sugere, é uma lagoa de onde se consegue ver o Cerro Torre por inteiro! Bom, isso quando nenhuma nuvem maldita resolve estacionar ali em cima! Pegamos um dia lindo e sem nuvens durante toda a trilha, mas foi só chegar na lagoa que essa nuvem chegou junto com a gente e só arredou o pé de lá quando a gente foi embora! De toda forma, a nuvem nem atrapalhou tanto assim. Todas as fotos que eu já vi de pessoas que eu conheço, o Cerro Torre está bem mais encoberto, algumas vezes totalmente encoberto!

El Chalten Patagonia Argentina
Tentando me recuperar da caminhada na chegada à Laguna Torre.
El Chalten Patagonia Argentina
Vista linda da Laguna Torre mas com aquela tal nuvem maldita encobrindo a pontinha do Cerro Torre! 
El Chalten Patagonia Argentina
Detalhe do Cerro Torre, com a pontinha encoberta pela nuvem 😡, mas lindo de todo jeito! 

Ficamos lá um bom tempo descansando, recuperando as energias e apreciando a paisagem. Eu nem cogitei ir até o Mirador Maestri, que fica a cerca de um 1km dali e tem uma vista muito bonita do Glaciar Grande e da Laguna Torre. Minhas amigas também não animaram porque a trilha, apesar de curtinha, é chatinha por causa das pedras e do vento. E cruzamos com um pessoal que desistiu porque o vento tinha quase derrubado um cara. 

A volta, acho que nem preciso dizer, foi um suplício! No final as lágrimas escorriam enquanto eu andava! Nunca sonhei tanto com um teletransporte! rs. Ou com um resgate de helicóptero, de mula, de qualquer coisa! No final da trilha, ainda tínhamos que andar mais de 1km dentro da cidade até a pousada onde estávamos (a Hosteria Koonek, que é uma graça de lugar e eu super recomendo). Na ida, nem reparei que era tão "longe" assim, mas na volta qualquer 100 metros parecia uma eternidade pra mim. Foi MUITO sofrido! Mas não me arrependo! Essa foi uma das trilhas mais lindas que já fiz na vida! E a dor passa, mas aquelas paisagens maravilhosas ficarão pra sempre na minha memória!

Sem falar que pegamos um dia liiiiiiindo! Aliás, dias lindos, no geral. Sempre com céu totalmente aberto, praticamente sem nuvem nenhuma, que é algo raríssimo por lá! É que na maioria das vezes, mesmo com o tempo bom, existem umas nuvens que costumam morar em cima da cadeia de montanhas. No nosso caso, as nuvens só apareceram mesmo quando chegamos à Laguna Torre. Mas de uma maneira geral, o tempo estava super limpo, com todos os picos da cadeia de montanhas super visíveis, como na foto abaixo.

Cadeira de montanhas de El Chaltén
Não é todo dia que vocês terão a sorte de ver uma foto assim, com céu azul e TODOS os picos descobertos. É coisa rara!
Cerro Solo - esse gordinho do canto esquerdo
Cerro Torre - nosso "chegado" da trilha, esse mais pontudo bem no centro da foto
Aguja Poincenot - no canto direito da foto, mais largo na base e mais pontudo no cume
Cerro Fitz Roy - o maior de todos, no canto direito da foto, ao lado do Poincenot.

Depois de um bom banho de banheira (delícia) e muito gelo no pé, eu ainda reunir forças pra ir jantar num cervejaria artesanal delícia que tinha ali perto da pousada. Fui mancando e de chinelo de dedos e meia, já que meu pé não entrava na bota de tão inchado. Mas fui! Aquela trilha linha e meu esforço mereciam ao menos um brinde!

El Chalten Patagonia Argentina
Dá pra ver na minha cara que eu tô sofrendo, não dá? hahahaha
É um misto de dor, cansaço e felicidade, na verdade! 


MAIS INFORMAÇÕES

Eu fiz essa viagem em janeiro, no auge do verão. Mas, não se engane pelos dias lindos de sol e céu azul, mesmo assim o clima é frio! Durante a trilha pegamos calor e frio, momentos de muuuito vento e outros de nenhum vento. Era um tal de tira blusa, põe blusa, tira blusa... rs. Dá pra perceber já que eu apareço com blusas nas fotos ao longo da trilha, né? rs.

O ideal para trilhas assim é se vestir no esquema de camadas, com uma segunda pele por baixo (que deixa a pela respirar e suar), um fleece no meio (pra aquecer) e um corta-vento por cima.

Se você for nessa época também, tente evitar as roupas escuras, pois é época dos tábanos, moscas gigantes que têm uma picada bem dolorida. Dizem que eles "gostam" de roupas escuras. Não sei se é verdade, mas eles atacaram muito mais uma amiga que estava de preto do que eu! De toda forma, eles são muito chatos e vão incomodar todo mundo, independente da roupa que tiver usando! Encontramos com eles apenas em algumas partes da trilha, principalmente quando o sol estava mais forte e não tinha vento aí, consequentemente, fazia mais calor e elas apareciam infernizando a vida de geral!

A Lillian e o Helder do blog Nerds Viajantes já estiveram em El Chaltén 2 vezes e tem vários postos de lá, dá uma olhada no blog deles pra ver mais opções do que fazer por lá! 

👍
Gostou do conteúdo e quer salvar pra consultar depois? Dê um "pin" na foto abaixo e salve no seu Pinterest!
Aproveite para seguir o blog por lá também! 😉

Laguna Torre El Chalten Patagonia Argentina

--
Tá indo viajar? 

➥ Reserve sua hospedagem pelo Booking, o maior portal de hospedagem do Brasil. Garanta já o melhor preço e vários descontos. É rápido, fácil e seguro!





➥ Não se esqueça de fazer seu seguro viagem. A Real Seguros trabalha com as melhores seguradoras do país. Compare e escolha a melhor opção pra você. Viaje sem correr riscos!

Seguro viagem america do sul 728x90



➥ E se for alugar um carro, use o serviço da nossa parceira Rental Cars que compara preços e carros de várias locadoras no mundo todo!



✔ Você não paga nada a mais por nada disso, pelo contrário, economiza conseguindo os melhores preços e descontos! E ainda ajuda esse blog a se manter!! ✌

Um comentário :

  1. Experience the wonders of Laguna Torre trail in El Chaltén. Marvel at the majestic glaciers and mountains while hiking through this pristine wilderness.

    ResponderExcluir

Comente aqui