41

Onde e como se hospedar em Havana - Cuba!

Renata Campos | 14.6.12 |

Havana é uma cidade que conta com uma rede não muito variada de hospedagens. As principais opções são os grandes e caros hotéis e as casas de famílias cubanas. Experimentamos as duas opções e vou contar aqui o que achei de cada uma. Veja a que mais combina com você!

Como contei nesse post Como ir à Cuba: pacote turístico x viagem de viagem? essa viagem foi dividida em duas partes: uma feita através de um pacote turístico e outra, de forma independente! Assim, experimentamos as duas opções de hospedagem e ficamos em dois bairros diferentes: Vedado e Habana Vieja

Os principais bairros em Havana são divididos conforme o mapa abaixo.

Onde se hospedar em Havana
Mapa de localização dos bairros de Havana

No início da viagem ficamos hospedadas em Vedado, a parte mais moderna da cidade. É onde  se encontram os imponentes cinco estrelas, como o Habana Libre onde ficamos hospedadas no início da viagem. O Habana Libre é enorme! É o 2º prédio mais alto da cidade e você pode avistá-lo de qualquer ponto das redondezas. Quando nos afastávamos muito dele era só olhar pra cima e nos guiar na hora de voltar! Rs.

Ele faz parte da história de Cuba, serviu de base para Fidel Castro e outros revolucionários na época da Revolução Socialista de 1959, quando ainda se chamava Habana Hilton. Foi reaberto em 1997 sob a direção do grupo espanhol Sol Meliá, em parceira com o governo cubano. Todos os estabelecimentos comerciais de Cuba, se não são estatais, funcionam em regime de parceira onde 51% pertencem ao Governo e os 49% aos grupos privados.

Ficamos hospedadas no 22º andar e a vista da varanda do quarto era maravilhosa!!! Só pela vista, já valeria a pena ter ficado hospedada lá! Além disso, o quarto é bem espaço e confortável! Tirando o fato de ser todo coberto por um carpete antigo (o que pode ser péssimo para pessoas alérgicas) não há o que reclamar do quarto em si!

Onde se hospedar em Havana
Quarto duplo do Hotel Habana Libre
Onde se hospedar em Havana
Vista da varanda do nosso quarto no Habana Libre
Onde se hospedar em Havana
Havana à noite, vista da varanda do nosso quarto
Onde se hospedar em Havana
Nascer do sol da varanda do nosso quarto

No entanto, o fato de ter que enfrentar fila pra pegar um elevador lotado, sem ventilação e, portanto, super quente, e esperá-lo parar em praticamente todos os andares (lembra que estávamos no 22º?) era irritante! Vi muita gente pegando o elevador pra subir quando queria descer, e vice-versa, pois não aguentava mais esperar por algum que não estivesse lotado! Sem falar que não existia um elevador de serviço, então os funcionários subiam com malas, carrinho de comida e até de lixo junto com os hóspedes e, muitas vezes, ocupando praticamente todo o espaço!! E aí, o jeito era esperar o próximo!

Outra coisa chata era o café da manhã também lotado!! Muitas vezes, era preciso esperar mesa vagar, e olha que o lugar era bem grande! Apesar disso, o tromba-tromba e as filas pra pegar comida eram inevitáveis. Mas o café da manhã em si era ótimo, com uma variedade incrível de comida! Várias opções de frutas, sucos, cereais, pães, bolos, biscoitos, frios e toda aquelas “gordices” que americanos amam (ovos, bacon e muuuuito mais). Também tinha muitos itens, quase todos doces, que os cubanos amam! Além de outras coisas que eu nem sabia direito o que era!! rs

Onde se hospedar em Havana
Salão de café da manhã do Habana Libre

O hotel ainda tem outros serviços que não chegamos a utilizar como piscina, sala de conferências, vários restaurantes e bares, salão de beleza, lojinhas, agência de turismo e uma casa de espetáculos e “salseria” que fica no 25º andar. O serviço de cofre é pago à parte e deve ser solicitado na recepção. É um dos poucos lugares de Havana que tem internet, que também é paga, claro, e custa 10 CUCs (R$20,00) a hora, o serviço é oferecido na mesma sala onde se pode fazer ligações internacionais, situada no segundo andar.

A recepção era meio caótica! Poucos funcionários para atender muita gente: pessoas fazendo check-in, pessoas fazendo check-out, pessoas querendo trocar dinheiro, pessoas querendo informações... uma bagunça! Era necessário uma boa dose de paciência e tempo disponível para conseguir um pouco de atenção dos atarefados recepcionistas!

Sinceramente? Esse tipo de hoje não faz o meu estilo! Eu gosto de lugares menores e com mais personalidade! Sem falar que quase todos os hóspedes faziam parte de alguma das várias excursões, principalmente da terceira idade! Nada contra a idade, claro! O problema era a confusão das excursões, gente demais, guias gritando pra lá e pra cá!! Ufa!

Mas o hotel é bem bonito e confortável, oferece muitas opções de serviços e tal. Pra quem curte hotéis desse estilo, vale a pena ficar hospedado lá sim! Não faz meu estilo, mas se faz o seu, ótimo! Aproveite!

Onde se hospedar em Havana
Fachada Hotel Habana Libre
Onde se hospedar em Havana
Que o Habana Libre é bonito, ninguém pode negar

Ainda no bairro Vedado e pertinho do Habana Libre, fica o Hotel Nacional, um hotel lindíssimo da década de 30. Ele é praticamente uma atração turística de Havana, vale a pena visitá-lo para conhecer sua área externa e tomar um típico mojito apreciando a bela vista do Malecón

Onde se hospedar em Havana
Hotel Nacional visto da varanda do nosso quarto no Hotel Habana Libre
Onde se hospedar em Havana
Hotel Nacional de Cuba
Onde se hospedar em Havana
Hotel Nacional de Cuba
Onde se hospedar em Havana
Que tal um mojito com direito à vista pro mar?

Já o histórico bairro de Habana Vieja (Velha Havana) é um lugar encantador classificado como Patrimônio Mundial da UNESCO. Em Habana Vieja se encontram os hotéis mais antigos e tradicionais, como o Hotel Inglaterra e o Hotel Ambos Mundos.

No final da nossa viagem, quando nos “livramos” do pacote turístico e fizemos tudo por nossa conta, ficamos hospedadas na Maison Cuba, a casa do David e da Lidia em Habana Vieja. Pra mim, este é o melhor bairro da cidade, e também um ótimo local pra se hospedar. Adorei o clima de lá desde a primeira vez que fomos ao bairro. Também é lá que estão a maioria dos atrativos e os restaurantes que, além de melhores, são mais baratos que os de Vedado, bairro que ficamos hospedadas no início da viagem e onde tudo é bem mais caro!

Seguro viagem geral 468x60


A casa que nos hospedamos era grande, antiga e bem bonita. Tinha uma área externa gostosa e uma decoração bem típica. O café da manhã, pago à parte (4 CUCs – R$ 8,00), era farto e bem diversificado. Os quartos são grandes, espaçosos e confortáveis! Pagamos 25 CUCs (em abril de 2012 = R$50,00) em um quarto duplo com banheiro privado. Na verdade, nosso quarto é que era duplo! A entrada era uma só, mas havia uma porta e uma parede rebaixada dividindo o ambiente ao meio. Cada um dos quartos tinha uma cama de casal! Ou seja, daria até pra ficar 4 pessoas!

E o David apesar do jeito meio caladão, conversou bastante com a gente, deu várias dicas e respondeu prontamente todas as inúmeras dúvidas que fomos acumulando durante a viagem. Eu adorei a experiência e recomendo muito!

Onde se hospedar em Havana
Pátio Interno
Onde se hospedar em Havana
Corredor e sala da Casa David e Ligia
Onde se hospedar em Havana
Sala de jantar (e café da manhã) da casa do David e Ligia
Onde se hospedar em Havana
Nosso quarto duplo divido em 2 quartos diferentes, cada qual com sua cama de casal e armários
Onde se hopsedar em Havana
O segundo quarto do nosso quarto duplo rs
Onde se hospedar em Havana
Banheiro no quarto

A hospedagem em casas particulares é uma boa opção para quem não quer gastar muito com os grandes hotéis da cidade e quer ter uma experiência cultural e social única. Além dos preços mais baixos, em geral são de 25 a 30 CUCs (Pesos Convertíveis, onde 1 CUC = 1 dólar), a oportunidade de conhecer o dia a dia de uma família cubana e tentar entender melhor a realidade do país valem a hospedagem. O aluguel de quartos em suas casas é uma opção que os cubanos encontraram para tentar complementar a renda mensal. Para nós, o valor é super em conta, mas para eles é uma fortuna. O valor de uma única diária é maior do que todo o salário que os cubanos ganham em um mês!!!

Para se ter uma ideia, os salários em Cuba variam de 200 a 1.000 CUPs (pesos cubanos, o dinheiro usado pelos cubanos). Esse valor em CUCs (pesos convertíveis, o dinheiro usados pelos turistas) corresponde a apenas 8 a 40 dólares!! O David, dono da casa que nos hospedamos, é veterinário e recebe um salário mensal de 600 CUCs = 24 CUCs. Portanto, é com o aluguel de quartos (e, como nos disse o próprio David, de outras menos “corretas”), que os cubanos conseguem chegar  até o fim do mês. Pois o salário, por “maior” que seja, nunca é o suficiente

Para entender melhor, leia Cuba além dos cartões postais

Até há um tempo atrás tudo isso acontecia por deixado dos panos. Agora a hospedagem domiciliar já está oficializada pelo Governo. Mas não pense que as famílias embolsam todo o dinheiro ganho com hospedagem, não. Eles têm que pagar ao Governo uma taxa de 100 a 150 CUCs mensais por quarto disponível para aluguel, independente de quantas vezes, e se, o quarto foi alugado no mês. As casas com permissão para alugar quartos têm um símbolo, como o da foto abaixo, afixado na fachada e contam também com sites que fazem a intermediação do aluguel, como o Cuba Hostels Renta en CubaCasa Particular Cuba e Hostels Central (esse último só pra havana). Inclusive, se você também for viajar para outras cidades cubanas, os próprios donos das casas podem te auxiliar na escolha de outras casas e te indicar a algum amigo. Apesar de ser possível reservar hospedagem na hora, eu prefiro ir com tudo já reservado do Brasil, pelo menos se meu roteiro estiver fechado.

Onde se hospedar em Havana
Plaquinha na fachada das casas credenciadas para alugar quarto pra turistas

Ahh e for se hospedar em uma dessas casas não se assuste se a fachada da casa não for das melhores ou até mesmo estiver caindo aos pedaços, pois as fachadas das casas e prédios é de propriedade do Estado e é ele que arca (ou pelo menos deveria) com a manutenção das mesmas. Mas o interior das casas não condiz com o exterior, geralmente são casas bem conservadas, limpas e confortáveis.

Com toda certeza, será uma experiência cultural inesquecível! Vai por mim!! 


Saiba mais sobre Cuba

41 comentários :

  1. karina23.9.12

    Parabéns pelo post. Estou programando uma viagem a cuba e suas informações foram muito uteis.
    Vc recomenda quantos dias em Havana?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karina, que ótimo! Obrigada!
      Acho que pra curtir tudo com calma você deva ficar uns 5 dias, pelo menos.
      Boa viagem e bom proveito! Havana é linda, você vai adorar! ;-)

      Excluir
  2. Também fiquei hospedado no Habanna Libre, pelas fotos mudaram a decoração dos quartos que sim são enormes com uma vista 5 estrelas. Ao contrario de você eu quando fui o hotel estava super vazio (engraçado mesmo faz hj 10 anos que fui, havia festa do dia das bruxas e tudo) não havia filas em lado algum pelo que acredito que a minha experiencia neste aspecto foi um pouco mais positiva =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É.. talvez tenha sido a época, será?
      Quando eu fui (maio) estava muito cheio, cheio de grandes excursões. tudo muito confuso e estressante! Com certeza se estivesse mais vazio eu teria gostado mais!! hehe

      Excluir
  3. Olá!
    Muito legal, adorei o post. Terei cinco dias em Cuba em dezembro... será que vale a pena conhecer alguma outra cidade próxima a Havana, para sentir como é a atmosfera no interior do país, ou compensa mais ficar os cinco dias em Havana?
    Obrigado!
    Leon

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Leon, obrigada!
      Então, eu acho que, com 5 dias, seria bom vc curtir só Havana mesmo. Gosto de fazer as coisas com calma.
      Mas se quiser dar uma corrida e conhecer outro lugar, acho que seria interessante também. Eu só conheci Varadero e Cayo Largo, os dois lugares são destinos de praia e rola de fazer um bate e volta (pra Cayo Largo só de avião). Não sei te dizer sobre as outras cidades, mas chegando lá vc conseguirá dicas disso e vai dar pra avaliar se vale a pena ou não!!
      Boa viagem e depois volte pra contar como foi!! ;-)

      Excluir
  4. Primeiramente, a parabenizo pelo blog e os post´s!!
    Eu tenho uma viagem com destino a Cuba, marcada para Julho deste ano,sendo que, serão 18 dias de estadia em solo cubano.
    Além da casa do David e da Lídia Diaz, você tem outras pra recomendar?

    Grato.

    Rafael Nogueira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Rafael,
      Você vai amar Cuba!!!
      Infelizmente, eu só conheci mesmo essa casa. Mas acredito que no site www.mochileiros.com você encontrará indicações de outras pessoas que ficaram em outras casas não só em Havana, como também em outras cidades cubanas!
      Boa viagem!

      Excluir
  5. Obrigado pela prontidão Renata !!
    Só mais uma pergunta...
    Qual moeda eu devo priorizar em Cuba; dólar estadunidense, canadense, australiano ou euro?

    Mais uma vez obrigado.

    Rafael Nogueira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Rafael,
      Eu levei Euro pois vi muita gente falando pra não levar dólar americano. Na casa de câmbio do aeroporto, em Havana, é cobrada uma taxa extra pra trocar o dólar!! Mas não sei se isso acontece em todos os lugares...
      Dólar australiano eu não sei dizer, mas o dólar canadense é muito bem aceito! Lá é cheio de canadenses!
      Por nada, precisando é falar!! ;-)

      Excluir
  6. Boa noite
    Gostei do blog,e suas resposta aos colegas esta me ajuda, devo ir para Cuba em Abril/2013, o que voce pode me dizer sobre a comida e transporte terrestre, devo ficar por lá 25 dias, 5 ficarei em havana e pretendo ir o mais longe possivel.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi pessoal, que bom que gostaram!
      Do que pude provar da comida cubana eu gostei bastante!! Podem ir despreocupados! rs
      Mas em relação ao transporte, o que rola mesmo são os táxis, seja táxi comum, táxi naquelas carrões maravilhosos dos anos 50 (alguns super bem conservados, outros nem tanto), cocotáxi e até bicitáxi. Tem também um ônibus turístico desses que vc pode descer em qualquer ponto e que percorre grande parte da cidade.
      Dá uma olhada nesse post que falo um pouco melhor sobre isso : http://www.revivendoviagens.com/2012/06/guia-pratico-de-cuba.htm

      Excluir
  7. Anônimo29.3.13

    Olá!
    Parabéns pelo blog!
    Estou indo com uma amiga para Havana no final de Maio e um dos objetivos, que não vi ninguém comentar aqui, é bailar la salsa...a verdadeira salsa.
    Gostaria de saber se você visitou alguma casa noturna e vivenciou isso, essa energia musical de Cuba..
    E se a cidade é de fato musical, me disseram que vc anda pelas ruas e o tempo todo ouvindo o batuque da rumba, etc...rs
    Obrigada desde já.
    Debora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Debora, obrigada!
      Então, eu não cheguei a ir em nenhuma casa noturna em Havana. Fui só nuns barzinhos, mas tinha planos de ir na Casa de la Musica, pois ouvi falar bastante de lá. Acabou que fui só na Casa de la Musica de Varadero e gostei de lá.
      Mas em Havana, é que ela é famosa. Na verdade, parece que são duas, uma mais central (e mais "caída") e a outra que fica em um bairro um pouco mais afastado, mas que dizem que é mais bacana que a primeira.
      Vá lá bailar e depois nos conte como foi! :-)
      bjos e boa viagem

      Excluir
  8. Olá Renata tudo bem? Estamos planejando ir a Cuba no final do ano e sem agencia.Estamos seguindo todas as suas dicas. Eu olhei no site da embaixada cubana que é preciso ter a reserva do hotel para eu retirar o visto. Mas nós gostaríamos de ficar nas casas de cubamos e não vimos nenhuma forma de fazer essa reserva. Mandamos um e-mail para Lídia e David, mas ainda não tivemos resposta. Você poderia nos dizer como fazer esta reserva?
    Parabéns pela iniciativa.
    BJos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla, tudo bem?
      Então, eu entrei em contato com o David por e-mail. Mas eles demoram um pouquinho pra responder mesmo já que a internet lá é super controlada. Se você não conseguir contato com eles, tente outras casas. Coloquei uns sites aqui no post de outras casas credenciadas. Mas seja onde for, tenha paciência com a resposta via net! A coisa é bem devagar mesmo! rs
      Boa sorte e boa viagem! bjos

      Excluir
  9. Oi Renata,

    Também te parabenizo pela iniciativa. Entendi, um pouco mais, o que é Cuba depois que li suas respostas às perguntas feitas. Muito grata. Estou tentando reservar hospedagem num hotel residência e não consigo encontrar telefone, e-mail e muito menos site dos lugares. Será que você pode me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Maria José, obrigada!
      Pois é, reservar hospedagem em Cuba não é tarefa das mais simples, principalmente se for as residências das pessoas. O acesso a internet lá é super restrito. A coisa funciona em outro ritmo. Pra vc ter uma ideia nem o poderoso das hospedagens, o Booking, faz reservas no país. Ou seja, o jeito é ter paciência... e não desistir jamais!! rsrs
      Boa sorte e boa viagem!

      Excluir
  10. Post magnífico.
    Eu e meu namorado estamos querendo ir a havana e gostariamos de ficar em casas particulares para viver o verdadeiro espirito de habana.
    Que aconselha? casa particular ou hotel?
    Que perigos nos pode dizer sobre ficar em casas particulares?

    Pretendiamos também visitar toda a ilha. queremos ficar uns 15 dias em Cuba.
    O que me pode aconselhar para este efeito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raquel, obrigada! :-)
      Se você está querendo ficar em casas particulares, ótimo! Com certeza a experiência será mais, digamos, verdadeira do que em hotéis! Eu não vi perigo algum nisso! Relaxa, é tranquilo!
      Ainda não tive tempo de escrever sobre os outros lugares que visitei, mas também fui a Varadero e Cayo Largo e amei! Mas tem várias outras cidadezinhas também que, dizem, são bem bacanas!
      Cuba é sensacional! Vcs vão amar! :-)

      Excluir
  11. obrigada pela informacao, Renata e parabens pelo blog. Sou Angolana e apesar de nao ter ideia de quanto seja os valores mencionados em dolares ou nao nossa moeda, valeu a informacao. bjnhs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marussia, obrigada!
      Você pode usar esse site para fazer a conversão do dinheiro http://www.financeone.com.br/moedas/conversor-de-moedas/
      Espero que ajude!

      Excluir
  12. Renata, estou começando a pesquisa para fazer a viagem! E quero ir à Havana, Varadero e Cayo Largo. Como vc bem disse, as informações são escassas... rssss... Queria saber se tem indicação de alguma agência que tenha voo de Varadero para Cayo Largo, já que vc disse no seu post que é recomendável ir por agência! rsrsrs... Além disso, vc acha melhor fazer Havana-Varadero-Cayo Largo-Havana ou Havana-Cayo Largo-Varadero-Havana??

    Temos 11 dias, como vc acha melhor dividirmos os dias em cada cidade?

    Obrigada!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tatiana, tudo bem?
      Na verdade, só as agências vendem essa passagem. Mas é que eu não optei pelo transfer na hora da compra! Eu comprei pela solways, dá uma olhada no site deles que tem também algumas opções de hotéis!
      Bom, acho que a ordem dos fatores não altera o produto! Eu Fiz Havana-Varadero-Cayo Largo-Havana. Mas acho que isso é indiferente! Quanto ao tempo em cada lugar vai depender muito do que você gosta mais. Acho que Havana precisa de, no mínimo, 4 dias! E uns 3 dias em cada pra praia dá pra conhecer bastante!
      Boa viagem! Cuba é linda!

      Excluir
  13. Boa noite, Renata! Estou indo pra Cuba em julho. Gostaria de saber se você tem os contatos das casas onde você se hospedou.
    Grato
    Dilson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dilson, tudo bem?
      Eu coloquei o link da casa que fiquei! Mas vai aí novamente http://maisoncuba.com/
      O lugar é bem bacana, viu?
      Boa viagem e curta muito Cuba!

      Excluir
    2. Obrigado, Renata! Não tinha visto.

      Excluir
  14. Olá, ótimo post Renata, acabei de voltar de Cuba e realmente é um pais maravilhoso.

    EM HAVANA FIQUEI NA CASA DO SEU OSCAR www.casacubaoscar.com
    próximo ao Capitólio lugar muito bem localizado e quarto ótimo.

    ResponderExcluir
  15. Claudia27.8.14

    Olá Renata, parabéns pelo texto... ótimas dicas!
    Estamos pensando, eu e meu namorado, de ir para Havana e Varadero no reveillon... você sabe como é o final de ano em Cuba? Teria alguma informação?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cláudia, tudo bem?
      Realmente não sei te dizer a respeito do reveillon em Cuba não!! Mas os cubanos são muito festeiros, então acho que deve rolar festas boas sim!!
      Boa viagem!

      Excluir
  16. Anônimo23.12.14

    Ô Renata! Cê reclamô que o hotel tava chei de véi. Cê num gosta de véi não, sô!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha... nada disso!
      Não gosto é de excursão, muita gente junta, num mesmo lugar, tumultuando o ambiente. Seja ela de idosos, adolescentes, crianças ou adultos. Nesse caso, a excursão era da 3a idade!
      De toda forma, prefiro lugares mais informais, descolados e despojados... com ou sem "véi" ;-)

      Excluir
  17. Oiii Renata!! Tudo bem?!

    Muito boas tuas dicas! Queria saber se tu pode me dizer algo sobre seguro viagem?! Tu fez?! Eles pedem pra entrar no país?! No consulado não consegui nenhuma informação, e o que acho em blogs, é bem vago, ou com uma informações "desencontradas"! Se tu puder me ajudar...

    Obrigada!! Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, tudo bem?
      Teoricamente, o seguro é obrigatório sim. Mas não nos pediram nada. O que não quer dizer muita coisa, pode ter sido uma falha, não sei afirmar.
      De toda forma, SEMPRE é bom viajar com seguro saúde. Você nunca sabe o que pode acontecer. Melhor não arriscar!!
      Boa viagem e divirta-se! bjo

      Excluir
  18. Olá pessoal, as dicas foram ótimas! Obrigada! Eu estou indo com um amiga em março e estamos tendo dificuldades para reservar quartos em casa de cubano para ficarmos hospedadas . Alguém tem algum email que pudesse me passar? Muito obrigada :)

    ResponderExcluir
  19. Olá Renata. Iremos em um grupo de quatro amigos e não estamos conseguindo contato para fazer as reservas de quartos em casas de cubanos. Alguém pode nos ajudar?

    ResponderExcluir
  20. Oi, Renata, tudo bem?
    Amei seu post! Vou pra Cuba sozinha em março agora e estou cheia de dúvidas, preocupada... não consigo entrar em contato com nenhum hostel, preciso muito de mais informações! No site do hostel que vc indicou, não encontrei nenhum e-mail ou contato, então entrei na página do facebook, mas não sei se vão me responder... Como vc fez pra conseguir contato no hostel?
    Obrigada!!
    Beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marianna, tudo jóia?
      Obrigada!
      Antes de mais nada, quando você fala hostel está se referindo à casa de família, certo? Porque eles alugam quartos, mas não é um hostel!
      A comunicação lá é bem complicada visto que o acesso à internet é restrito e caríssimo! Então é demorado mesmo e nem sempre dá certo! Uma das emoções de se viajar pra Cuba... rs
      Mas continue tentando e não se preocupe tanto, vai dar tudo certo!
      Boa sorte e boa viagem!
      bjos

      Excluir
  21. Oi! Tô precisando de umas dicas de hospedagem! Me ajuda?

    ResponderExcluir
  22. Eu estou indo com meu pai e minha filha de 14 anos para Havana e queria saber se você recomenda ficar em hospedagem domiciliar. Em que site eu consigo fazer a reserva? Como é questão de limpeza e de comida tipo café da manhã? Já vi pessoas falando muito bem mas já vi pessoas falando mal por isso fico meio receosa. Me ajuda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcela, tudo bem?
      Como eu disse no texto, eu gostei e recomendo o lugar que eu fiquei. No texto, tem o link de contato de onde eu fiquei, assim como outros quatro links onde é possível procurar outras hospedagens do gênero.
      Sobre gostar ou não vai muito do estilo de viagem de cada um e também do lugar que ficou, assim como um hotel você pode dar sorte ou azar.
      A limpeza é igual a qualquer outro lugar, não é porque está em casa de família que será mais sujo por isso. E você tem autonomia de escolher se quer que seja feita a limpeza diária, ou não, assim como acontece num hotel. Com relação à café da manhã, é melhor olhar direto com a acomodação pois, assim como num hotel, alguns oferecem e outros não.
      Enfim, a hospedagem domiciliar em Cuba é algo super comum e é uma experiência incrível justamente pela oportunidade de conhecer melhor o dia a dia deles e trocar ideias. Mas caso você não se sinta confortável com isso ou não faça seu estilo, você ainda pode ficar num hotel também. Eu coloquei o link de 2 aqui, mas existem vários!
      Boa viagem e aproveite muito esse país incrível!

      Excluir

Comente aqui