23

Parque Nacional Tayrona

Renata Campos | 12.3.12 |


O Parque Tayrona fica a 34 km de Santa Marta ocupando 85 km da costa colombiana. Possui mais de 19 mil hectares, sendo 12 mil de terra e 6 mil marinhos.

O nome Tayrona vem de uma civilização indígena que viveu na região até o século XVI. Após a invasão espanhola, os índios sobreviventes se refugiaram na Sierra Nevada, onde vivem isolados até hoje. Há vestígios em pedra de pequenas construções da civilização Tayrona em um local chamado pueblito, antigo centro urbano desse povo, que fica a poucas horas de caminhada a partir do Cabo San Juan. 



Existem 2 maneiras de se chegar ao Parque: por água e por terra.
A partir da vila Taganga, saem lanchas para o Parque, que cobram cerca de 50 reais por trecho, fazendo o trajeto em torno de 40 min a 1 hora. Mas essa não é a melhor opção, pois além de ser a forma mais cara, a viagem não é nada, digamos, confortável. A lancha “bate” muito nas ondas, fazendo todos se molharem e/ou ficarem enjoados.

Portanto, é melhor ir por terra mesmo. E aí, há 3 opções: Táxi (nesse caso, é bom negociar o preço antes e, de preferência, já deixar a volta agendada), Van (que geralmente podem ser contratadas nos hotéis em Santa Marta) e Ônibus. Os ônibus custam 5 reais e saem de meia em meia hora da Calle 11 com Carrera 11, no final de uma feira ao ar livre onde se vende desde frutas, carne e peixe, até roupas e bugigangas diversas. Os ônibus, pra não fugir à moda colombiana, são bem coloridos e decorados e carregam entre turistas e suas mochilas, os moradores da região e suas grandes caixas, sacos de comida, eletrodomésticos, brinquedos, colchão, brinquedos...

E atenção, como o Parque não é o destino final desse ônibus, cuidado para não passar direto pela entrada do Parque. Provavelmente o motorista vai sacar que você é um turista e está indo para lá, mas não custa avisar ao trocador que irá descer em El Zaino, que é a portaria principal do Parque Tayrona.

Ônibus pro Parque Tayrona
No interior do ônibus, onde se carrega de um tudo! rs
Portaria El Zaino, a principal entrada do Parque Tayrona
Após uma longa fila para pagar a entrada (R$35,00 para estrangeiros) ainda esperamos cerca de meia hora pela van (R$2,00) que nos deixaria no início da trilha.


Para se fazer a trilha, existem 2 caminhos diferentes, um deles é exclusivo (ou deveria ser) para os cavalos e mulas que levam as mochilas e barracas de quem vai ficar hospedado por lá e também aqueles mais preguiçosos ou que, por algum motivo, não queiram fazer a trilha caminhando R$16,00 por pessoa. O outro caminho, é a trilha a ser percorrida pelos visitantes.  Em vários trechos da trilha, que é bem marcada e sinalizada, há escadas, passarelas e corrimões de madeira. Placas ao longo do caminho indicam quanto já foi percorrido.

Parque Nacional Natural Tayrona


Depois de quase 1 hora de caminhada, chega-se à primeira praia, Arrecifes. Praia bonita, com areia branca e mar agitado, o problema é que lá não é permitido nadar!! Placas por todos os lugares avisam muitas pessoas já se afogaram por lá. Ok! Continuamos então caminhando, dessa vez a trilha já não era na mata. Caminhamos pela restinga e pela própria praia mesmo, o que só fez o calor aumentar ainda mais!  


Vista da praia de Cañaveral
Vista da praia de Arrecifes
Chegando em Arrecifes
Placa bastante desencorajadora na chegada à Arrecifes
Continuando a caminhada
Trilha pela praia

Mas logo depois chegamos às praias de La Arenita e La Piscinita, essas sim, praias tranqüilas e super convidativas ao banho. Como são cercadas por corais, são ótimas opções para se fazer snorkeling. Ficamos curtindo um bom tempo ali e quando nos demos conta da horário, percebemos que não daria mais tempo de ir até Cabo de San Juan (a cerca de 30-45min dali), e ainda voltar até a portaria do Parque (+ 2 horas de caminhada) antes de escurecer.

Chegando à La Piscina
La Piscina
Praia de la Piscina

Para se hospedar no Parque, há opções para gostos e bolsos variados. Entre as mais econômicas, nas praias de Cañaveral, Arrefices e Cabo de San Juan, há barracas e redes, que podem ser alugadas lá ou você pode levar a sua própria (Para saber mais a respeito e fazer reservas, clique aqui).

Também nas praias de Cañaveral e Arrecifes se encontram as Ecohabs, cabanas confortáveis e luxuosas inspiradas nas habitações dos índios Tayrona. Têm capacidade para 4 a 6 pessoas (Para saber mais e fazer reservas, clique aqui). 

Ecohabs
Na volta, acabamos fazendo um caminho diferente. Quando nos demos conta, estávamos fazendo a trilha dos cavalos. A princípio ela é mais tranqüila, mas depois de um certo tempo, ela se mostra problemática. Primeiro, porque a todo momento cruzamos com os cavalos e, nos lugares mais apertados, temos que nos espremer nas pedras e até escalar algumas. Segundo porque parte da trilha é pura lama! Subidas e descidas enlameadas e, em algumas partes, lama misturada a esterco, pra piorar!!
 
A trilha da volta, que seria a dos cavalos, lama pura!

Finalmente, chegamos ao fim da trilha por volta de 5:30hs da tarde. Ali ficam alguns poucos taxis  que cobram R$60,00 – que “chorando” acaba  sai por R$55,00 – pela corrida até Santa Marta. Como já estava escurecendo e também estávamos cansadas, resolvemos pegar um taxi direto pro hostel.

O motorista do táxi era uma figura, dirigia como um louco pela estrada, e dentro da cidade buzinava, também como um louco, reclamando de tudo e todos! Deixou o carro morrer, furou sinal vermelho e quase bateu o carro, tudo isso mais de uma vez! Sem falar que de repente, ele parou o carro numa casinha na beira da estrada e voltou de lá com um galão de gasolina pra abastecer o carro!!!!

Nosso motorista abastecendo o táxi
Como eu já havia comentado no post anterior, o trânsito de Santa Marta é caótico!! E essa mania irritante que todos têm de buzinar sem parar, só torna as coisas ainda piores!  Mas apesar do motorista maluco e do trânsito horroroso que enfrentamos, ainda assim o táxi foi uma boa opção. Caso contrário, teríamos que esperar a tal van para nos levar até a portaria do Porque para que pegássemos outro ônibus até Santa Marta e depois ainda andar quase 10 quarteirões até o hostel, tudo isso a noite e cansadas!

Depois de um bom banho frio (algo usual no litoral colombiano) pra recuperar as energias, terminamos a noite no animado bar do próprio hostel! Nada mais providencial!

Tá indo viajar? 

➥ Reserve sua hospedagem pelo Booking, o maior portal de hospedagem do Brasil. Garanta já o melhor preço e vários descontos. É rápido, fácil e seguro!





➥ Não se esqueça de fazer seu seguro viagem. A Real Seguros trabalha com as melhores seguradoras do país. Compare e escolha a melhor opção pra você. Viaje sem correr riscos!

Seguro viagem america do sul 728x90



➥ E se for alugar um carro, use o serviço da nossa parceira Rental Cars que compara preços e carros de várias locadoras no mundo todo!



✔ Você não paga nada a mais por nada disso, pelo contrário, economiza conseguindo os melhores preços e descontos! E ainda ajuda esse blog a se manter!! ✌

23 comentários :

  1. Anônimo30.1.13

    Oi!
    Vou a Colombia em jullho deste ano e estou colhendo o maior numero de informações possiveis.
    Ficarei 18 dias, por enquanto sozinha.
    Gostaria de saber uma coisa: porque não optou em se hospedar no parque?m Acha que um dia é suficiente para conhece-lo?
    Desde já agradeço.
    Fabiane

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Fabiane, tudo bem?
      Então, o problema foi a falta de tempo mesmo!! E o cansaço da viagem!
      Viajamos a madrugada toda, chegamos em Bogotá de manhã e já despachamos as malas pra Sta Marta, mas como nosso voo era só a noite, ficamos rodando pela Candelaria. Aí só chegamos mesmo em Santa Marta por volta de meia noite e achamos que seria complicado ir pro Tayrona logo no dia seguinte cedo. Então optamos por ficar em Santa Marta no 1o dia pra descansar da viagem! Fomos pro Tayrona no 2o dia e achei que o tempo foi bem curto mesmo, voltamos com vontade de ficar lá mais um dia pra conhecer outras praias. Qdo planejamos a viagem já sabíamos disso, mas achamos que era melhor ver um pouquinho do que não ver nada!
      Mas se tiver tempo, vale a pena ficar uma noite lá sim!! E volte pra contar como foi!! ;-)

      Excluir
  2. Anônimo10.2.13

    Olá Renata !

    Gostaria de saber se vc poderia me ajudar na escolha da minha estadia ! Irei com meu marido para Colômbia, porém só teremos 5 dias, e estou na dúvida de onde ficar... Pensei em ficar em Bogotá mesmo, mas tenho um pouco de receio das sensações da altitude,(sou um pouco nojentinha sabe) kkkk. Então pensamos em escolher entre Cartagena, San Andres ou Santa Marta ! Vc poderia me indicar qual dessas cidades tem o melhor "custo beneficio" kkkkkk, pois a grana é curta e o tempo também !!
    Muito Obrigada!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei "Anônima" rs
      Olha, eu gostei bastante de Bogotá, viu? Não tive nenhum problema com altitude, só um cansaço um pouco mais que o normal. Minhas amigas tiveram dor de cabeça, mas nada demais!
      Quanto às outras cidades, tudo depende do perfil de vocês, o que vocês gostam e estão procurando pra essa viagem!
      Santa Marta é uma cidade pequena, não tem lá tanta coisa pra fazer! O principal atrativo de lá é o Parque Tayrona mesmo. Se vocês gostam de trilhas e praias, lá é o lugar!
      Cartagena é uma graça!! Cidade histórica, uma delícia e bem romântica! Maaaas as praias lá não são legais, se a idéia é ir pra praia, dá pra fazer um passeio de barco pelas Islas Rosario e/ou Playa Blanca!
      Agora praias lindas mesmo, com aquele azul maravilhoso do Caribe é em San Andrés!! Um paraíso!! Mas tanto os vôos pra lá, quanto os hotéis são um pouco mais caros. Não sei qual é a idéia, nem o orçamento de vocês, mas pesquisando, encontra-se coisas legais!!
      Acho que é isso.. precisando de mais dicas, é só falar! Qualquer coisa também, o blog tá cheio de dicas da Colômbia!!
      Ah e me desculpe pela demora da resposta... carnaval, né? rs
      bjos

      Excluir
    2. Anônimo15.2.13

      kkkkkk imaginei que iria demorar mesmo !

      Acho q vou acabar ficando em bogotá mesmo, para não ficar tão corrido, pois meu marido vai a trabalho na verdade (eu só estou caindo de paraquedas na viagem dele, kkkk) Mas já estou pegando suas dicas dos lugares para conhecer ! Adorei seu blog e as fotos são um escândalo de lindas !! Farei o possível pra conhecer San Andrés quando eu for com mais tempo e dindin tb !
      Bjs e muito obrigada!

      Ahhh meu nome é Amanda ! rsrsr

      Excluir
    3. Ei Amanda! rs
      Você vai gostar de Bogotá! Eu não tava dando muito pela cidade, mas adorei!! A Candelaria é uma graça, cheia de prédios históricos e museus! A subida ao Cerro Monserrate vale muito a pena tb e tem uns restaurantes lá em cima que vale a pena ir a noite pra jantar!
      A Zona Rosa é outro bairro super gostoso, cheio de barzinhos, lojas e shoppings, ótimo pra bater pernas!!
      E se programe pra ir à Zipaquirá visitar a Catedral de Sal também, é incrível!
      Boa viagem e divirta-se!!
      bjos

      Excluir
  3. Oi Renata! Parabéns pelas descrições! Estou planejando uma viagem para a Colômbia e suas informações estão sendo bem úteis. Sobre o Tayrona, você acha que é muito caro passar a noite por lá, em algumas daquelas pousadas? Obrigado desde já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Deivin, obrigada!
      A Colômbia é demais!!! Eu realmente não lembro o preço das cabanas, mas sei que não é barato não! Por isso, a maioria das pessoas fica acampada ou alugar as redes que têm lá.
      Mas não custa você conferir, né
      Boa sorte e boa viagem!

      Excluir
  4. Oi Renata,
    Seu blog tem informações muito úteis! Estamos planejando uma viagem em familia para visitar minha irmã que está estudando em Bogotá. Queremos uma praia,mas tenho três crianças pequenas. Pelo que vi Santa Marta e ilha de Providência são inviáveis. Tem alguma ilha no caribe ou cidade no litoral da colômbia que você recomenda?
    Obrigada Mariana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Mariana,
      Acho que com 3 crianças pequenas a melhor opção seria San Andres. La tem uma boa estrutura nas prais e elas são de facil acesso!! Alem de ser um lugar liiiindo!! rs
      Da uma olhadinha nos posts sobre la e veja o que acha!! http://www.revivendoviagens.com/search/label/San%20Andr%C3%A9s#.Uggv0pJQFqU

      Excluir
  5. Olá , Renata!
    Estou indo para Cartagena em novembro e estava pensando em ir para Sta Marta, mas seus comentários me desanimaram. Pensamos em alugar um carro, vale a pena?Quais as dicas do que fazer em Cartagena , já que as praias de lá são ruins. Estava super animada , mas perdi o pique. Sto Andres é muito longe para quem vai ficar 6 noites.bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Beth,
      Se você ficar só em Cartagena, não precisa de carro não. Dá pra fazer tudo a pé pelo centro histórico mesmo. Se quiser praia bacana, dá pra ir pra Playa Blanca que é bem legal. É só você pegar um barco no porto mesmo.
      Realmente, Santa Marta eu não achei nada demais não, mas teve muita gente que gostou muito... Bom, gosto é gosto, né?
      Agora, eu gostei do Parque Tayrona sim e recomendo. Mas aí você é que tem que avaliar se vale a pena já que seu tempo é curto...

      Excluir
    2. Renata, estamos pensando em alugar o carro para ir conhecendo as praias até Sta Marta. Playa Blanca tem onde ficar? E Baru onde fica?
      Vamos só fazer reserva de 2 dias em Cartagena e depois sabe se lá o que fazer...rs
      O Parque eu vi que tem que fazer muita caminhada, coisa para mais jovens, somos cinquentões. Adorei seu blog.
      Obrigada por tudo.

      Excluir
  6. Boa noite Renata tudo bem?
    Puts adorei sua descrição sobre Santa Marta. Estou indo fazer meu primeiro mochilão na Colômbia em abril, vou ficar 16 dias.
    Passeios entre Bogotá, Medellin, San Andrés, Cartagena e Santa Marta e se der tempo Boyacá antes de voltar pro Brasil.

    Estou em dúvida em qto tempo ficar em Cartagena. Um casal de amigos já foi pra lá e me falaram q 2 dias e 1 noite é mais q suficiente. O que me diz????????

    Penso em 3 dias em Santa Marta. Vocês voltaram pra Bogotá por Santa Marta ou Cartagena?
    Usaram transporte rodoviário intermunicipal????? ou apenas avião?
    Me chamo Rodrigo
    Valeu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rodrigo, tudo jóia!
      Então, o tempo em Cartagena é sempre bem polêmico..rs. Vai do que a pessoa gosta! A cidade é uma gracinha, mas pequena. Dá sim pra conhecer muita coisa em 2 dias, mas é corrido! Pra quem gosta de passear calmamente pelos lugares e descobrir cada cantinho, 2 dias é pouco!
      E outra, se você vai pra San Andrés, nem precisa perder tempo com as praias de lá, que não tem graça alguma, a não ser a Playa Blanca que é bonita e tal, mas você acaba perdendo um dia quase inteiro num passeio de barco pra ir e voltar. E, com certeza, verá coisa bem melhor em San Andrés, e até em Santa Marta!

      Com exceção de Santa Marta-Cartagena, que fizemos de ônibus (4hs de viagem), todo o restante foi feito de avião (vôos diretos, sem escala), da seguinte maneira: Bogotá-Santa Marta-Cartagena-San Andrés-Bogotá.

      Boa viagem! :-)

      Excluir
  7. aaa, tbm me falaram de uma praia de nudismo lá.. confere??????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até ouvi falar, mas não cheguei a ver não!
      Mas se vc procurar saber direitinho, de repente acha! hehe

      Excluir
  8. Oi, Renata. Tudo bem? Muito obrigada pelo post! Uma dúvida, você acha que é tranquilo ir e voltar do parque no mesmo dia estando hospedada em Cartagena? Vou optar pela trilha dos cavalos (adoro montar e não sou tãaao aventureira hehe) e por isso acredito que vou gastar menos tempo da entrada do Parque até as praias. Obrigada! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Simone, tudo bem?
      Bom, acho que é meio corrido sim, viu? Porque, se não me engano, você vai gastar pelo menos umas 4 horas pra ir e outras 4 pra voltar. Aí seu tempo útil no Tayrona fica bem reduzido, aí acho que fica muito corrido. Principalmente se você for fazer isso de ônibus... aí complica! rs

      Excluir
  9. Olá Renata, tudo bem?
    Você poderia me informar se é possível carros alugados chegarem ao parque e terem locais para seu estacionamento?
    Você poderia me informar também, caso tenha conhecido, sobre o oceanário em Santa Marta, pois soube que é possível o nado com golfinhos por lá. Ainda esta vigente essa autorização?
    Vocês ficaram hospedadas em hostel, o que você achou? Você pode indicar o que você ficou?
    Desde já, muito obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Caroline, tudo bem?
      A entrada do Parque fica bem na rodovia, então dá pra ir de carro sim! Não sei como é o estacionamento lá. Como fui de ônibus, não reparei!
      Não fui no Oceanário e nem sei dizer sobre o lance dos golfinhos. Particularmente, não curto esses lugares que mantem os animais presos...
      O hostel que ficamos se chama La Brisa Local e é um lugar bacana! Escrevi sobre ele nesse post, dá uma lida: http://www.revivendoviagens.com/2012/02/colombia-donde-hospedarse.html
      Boa viagem! :-)

      Excluir
    2. Obrigada Renata, vou dar uma lida!!
      O oceanário na verdade é o mar, os peixes, golfinhos estão todos em seu habitat natural, só que eles são treinados, não ficam presos. :)
      Obrigada.
      Seu blog é ótimo.

      Excluir
    3. Ei Caroline, obrigada! :-)
      Bom, os golfinhos podem até não ficar totalmente presos, mas só de rolar um treinamento e tal, já não acho bacana! Não curto esse tipo de coisa, mesmo! Sou bióloga e isso não me desce!!
      Maaas... gosto é gosto, né? rs
      Boa viagem e aproveite muito. A Colômbia é show!!

      Excluir

Comente aqui