3

Petrolina, Juazeiro - Juazeiro, Petrolina

Renata Campos | 1.9.16 |
Petrolina, Juazeiro


Impossível falar de Petrolina, em Pernambuco, sem falar da sua vizinha Juazeiro, já no estado da Bahia. As 2 cidades-irmãs são separadas pelo Rio São Francisco, que serve de divisa para os Estados de Pernambuco e Bahia. Apesar de muito em comum, as 2 cidades também tem muitas diferenças. Petrolina é maior e mais desenvolvida. Ja Juazeiro ao mesmo tempo que conserva ares de cidade do interior, é também uma cidade mais alegre e festiva (Bahia, né minha gente? rs). Bom, pelo menos foi essa a impressão que eu tive!

Durante os dias que passei em Petrolina (e em Juazeiro), uma música não saía da minha cabeça. Acho que não é difícil adivinhar qual foi, né?

  Aperta o play aí pra ir ouvindo e entrando no clima... 

♫ "Petrolina, Juazeiro
Juazeiro, Petrolina
Todas duas eu acho uma coisa linda
Eu gosto de Juazeiro e adoro Petrolina" 


PETROLINA


Cheguei pelo aeroporto de Petrolina e usei a cidade como base para conhecer a região. Fiquei hospedada no excelente Hotel Quality Petrolina (falei dele em detalhes nesse post Dica de hospedagem em Petrolina). O hotel fica na beira rio e tem uma vista lindíssima de Juazeiro e, claro, do rio São Francisco. Impossível não se encantar!

Petrolina, Juazeiro
Vista de Juazeiro e do Rio São Francisco a partir do Quality Hotel, em Petrolina

Não é a toa que tanto Petrolina, como Juazeiro, têm vários de seus atrativos, hotéis, restaurantes e bares localizados na beira do rio. O São Francisco é um dos principais atrativos das 2 cidades.

Mas quem não quiser ficar só contemplando o rio, pode aproveitar para nadar nele também. A Ilha do Fogo, por exemplo, é um lugar bem central e muito usado pelos locais e turistas para tomar banho de rio. Ela fica logo abaixo da Ponte Presidente Dutra, que liga Petrolina a Juazeiro. Outra opção é a Ilha do Rodeador, que fica um pouco mais afastada do centro, cerca de 12 km mais ou menos. Eu acabei não visitando nenhuma das 2, mas vi muita gente falando bem. E outros tantos falando mal, pois dizem que as 2 ilhas ficam lotadas nos finais de semana! Bom, quem tiver a oportunidade de conhecer vai lá e depois me conta o que achou!

Eu fiquei apenas 2 dias e meio na cidade, mas foi o suficiente pra conhecer praticamente tudo o que eu queria. Em Petrolina, recomendo que visitem a Catedral do Sagrado Coração de Jesus. Ela é linda! Foi construída em 1929, tem estilo neo-gótico e é toda feita de pedra. Como a cidade é toda plana, suas 2 torres se destacam e podem ser vistas de vários pontos da cidade. Ela foi restaurada recentemente e está novinha em folha. Na verdade, no dia que visitei ainda estavam terminando de pintar a porta, mas a igreja já estava prontinha! Pena que estava fechada e não pude entrar pra conferir seu interior que, dizem ser muito bonito e cheio de vitrais.

A catedral está situada na Praça Dom Malan, no centro da cidade. No local há espaço para eventos e se situam também o Palácio Episcopal e a Concha Acústica. Além de um recente monumento que tem como destaque um relógio dado pelo Padre ("Padim") Cícero, de Juazeiro do Norte à Dom Malan, 1° Bispo de Petrolina. 

Petrolina Juazeiro
petrolina juazeiro
Petrolina
Catedral do Sagrado Coração de Jesus

Ali próximo fica também a Igreja Matriz Nossa Senhora Rainha dos Anjos que é menorzinha, mas uma graça. Sua construção foi iniciada em 1858, mas só foi concluída anos depois, em 1906. Também não cheguei a visitá-la por dentro, mas ela possui um rico acerto de imagens de gesso e madeira. Inclusive, a imagem de Nossa Senhora Rainha dos Anjos foi esculpida em madeira e veio da Ilha da Madeira, há mais de 200 anos.

Aproveite para visitar também Petrolina Antiga, que ainda possui algumas ruas e casas com características do início do século passado. Na área ficam alguns bares que costumam ficar cheios durante a noite.  

Petrolina
Petrolina Antiga

Tentei visitar ainda o Museu do Sertão, mas ele estava fechado pra reforma. O museu existe desde 1973, com o intuito de resgatar e preservar a história do homem sertanejo em todos os seus aspectos.Tem um acervo superior a 3.000 peças, com destaque para objetos que pertenceram ao cangaceiro Lampião.

Toda essa parte central de Petrolina é possível ser conhecida a pé, numa boa! Como a cidade é plana, alugar uma bicicleta também é uma boa alternativa. Sabe aquele esquema das bikes do Itaú que existe em várias cidades brasileiras? Pois é, lá também tem e se chama PetroBike. O esquema é o mesmo das outras cidades. Só baixar o aplicativo aqui, fazer o cadastro, comprar o passe e retirar a bike na estação que preferir. Eu usei a bike pra fazer um passeio pela orla de Petrolina num domingo pela manhã. Achei super bacana e recomendo! 

Petrolina
Passeando com a PetroBike pela orla de Petrolina

Agora, um lugar que não cheguei a conhecer, mas que muitos recomendam, foi o Centro de Cultura Ana das Carrancas. O local é o antigo atelier onde a artesã Ana, confeccionava suas carrancas (saiba mais sobre a história dela aqui). Lá há um acervo com fotografias, jornais que contam a história da artesã, além de algumas peças de artesanato. O espaço atualmente é gerido pela família dela e oferece oficinas de artesanato e seminários. Como o lugar fica afastado do centro e li que algumas pessoas tentaram visitá-lo mas o encontraram fechado, achei melhor não arriscar a corrida de táxi, ainda mais que eu estava sozinha. Mas fica a dica pra quem tiver interesse.

E pra finalizar, não deixe de conhecer o Bodódromo, um dos lugares mais autênticos de Petrolina Digamos que  o local é uma espécie de centro gastronômico, cheio de restaurantes especializados na carne de bode, iguaria típica do sertão. Bom, todo mundo diz que a carne é de bode, mas depois fiquei sabendo que a carne, na verdade, é de carneiro! Não se come bode lá mais há tempos!

E apesar de os restaurantes terem a carne de bode/carneiro como carro-chefe, também é possível encontrar outros tipos de carne e até pratos sem carne! Eu até pedi uma linguiça de bode/carneiro pra experimentar e não falar que saí de lá sem comer bode. Mas não gostei muito não! Seja como for, o lugar é bem legal, vale a visita! Ele fica na Avenida São Francisco, no Bairro Areia Branca. Eu fui na hora do almoço, mas funciona durante a noite também.

Petrolina
Bodódromo de Petrolina
Petrolina
Minha tentativa de provar a carne de bode/carneiro ficou só numa linguicinha mesmo! rs


JUAZEIRO


Não dá pra visitar Petrolina e não dar pelo menos um pulinho em Juazeiro também... ou vice-versa. Juazeiro pode não ser tão desenvolvida como a vizinha pernambucana, mas tem lá o seu charme e aquela malemolência baiana que eu tanto gosto!

Pra ir de Petrolina a Juazeiro, você terá que atravessar o rio São Francisco. E poderá fazer isso cruzando a ponte Presidente Dutra caminhando e aproveitar para apreciar as belas paisagens do caminho ou mesmo de carro. O táxi do hotel que fiquei (o Quality Petrolina) até Juazeiro deu pouco mais de 10 reais à noite, na bandeira 2.

Mas a forma mais bacana de ir de uma cidade à outra é fazendo a travessia de barco, que custa pouco mais de 1 real (agora não me lembro se é R$1,10 ou R$1,30 #sorry) e dura puco mais de 5 minutos. Mas o passeio é uma delícia e a vista é linda.

Petrolina Juazeiro
Vista durante a travessia de barco pelo São Francisco. A imagem de Mãe d'Água à frente e a Catedral de Nossa Senhora das Grotas, Em Juazeiro, ao fundo. 
Juazeiro
Barcos que fazem a travessia Petrolina-Juazeiro na orla de Juazeiro

Assim que você sair do cais já vai dar de cara com vários barzinhos à beira rio. As opções são inúmeras, alguns maiores, outros menores, uns mais arrumadinhos, outros mais "copo sujo", vários com música ao vivo e todos com uma vista linda do Rio São Francisco e de Petrolina.

Juazeiro
Orla de Juazeiro e os barzinhos à beira rio

Eu escolhi o MacBeto. O nome é meio estranho, parece lanchonete de fast food, né? Mas não é! rs. O lugar é bem legal e bonitinho. Tem um ambiente interno climatizado e outro externo, com mesinhas na calçada e uma vista linda do São Francisco, como era de se esperar. A cerveja é gelada e existem várias opções tanto de petiscos, como de refeições! Caminhando do Cais até a Ponte Presidente Dutra, ele é um dos últimos. Eu acabei não tirando foto nenhuma porque minha bateria já tinha ido embora depois da enxurrada de fotos que tirei do pôr sol, que assisti num trapiche um pouco mais à frente do bar.

A propósito, o pôr do sol em Juazeiro, é um espetáculo à parte! Ele se põe bem no meio do São Francisco. Lindo! Lindo! Portanto, não deixe de visitar Juazeiro nem que seja só pra assistir ao pôr sol! Até porque em Petrolina, você não terá uma vista tão bonita, pois o sol se põe no meio da cidade, entre os prédios! Bom, pelo menos na época que eu fui (julho).

Juazeiro
Juazeiro
Pôr do sol na orla de Juazeiro
Mas Juazeiro tem mais do que "apenas" um belo pôr do sol pra oferecer! Aproveite para caminhar pela orla do rio e apreciar a vista. Próximo à orla fica a Catedral Diocesana Nossa Senhora das Grotas. Ela é simplesinha mas é bonitinha. Na mesma praça da igreja, a Praça Imaculada Conceição (que, detalhe, tem wifi grátis! Adoro!) fica também a antiga casa de João Gilberto (que eu não descobri qual é rs) e ainda o Museu Regional do São Francisco, que infelizmente estava fechado quando eu fui! Só depois descobri que aquele dia (15 de julho) era aniversário da cidade e, portanto, feriado municipal. Bem que estranhei mesmo o fato do comércio estar todo fechado! rs

Outro lugar bacana é o Centro de Cultura João Gilberto que tem sempre algo de bacana acontecendo por lá. Se informe aqui antes de ir. Ali pertinho se encontra o Centro de Informações Turísticas localizado dentro de um antigo barco, o Vapor Saldanha Marinho. Não de visitá-lo para conferir o que está rolando em Juazeiro e também em Petrolina.

Juazeiro
Catedral Nossa Senhora das Grotas
Vapor Saldanha Marinho
Centro de Informações Turísticas Vapor Saldanha Marinho
Juazeiro
Roda de Capoeira na Orla de Juazeiro... êh Bahia! 

Eu, por exemplo, dei a sorte de estar lá justamente no fim de semana que estava acontecendo o IV Festival Internacional da Sanfona. E fui muito, muito legal! Vários sanfoneiros de vários lugares do Brasil e até do mundo, se apresentaram por lá! E o show de encerramento ficou por conta do Fagner que cantou junto a outros sanfoneiros famosos!

Juazeiro
Juazeiro
IV Festival Internacional da Sanfona, em Juazeiro

          
Veja um pouco de como foram os shows de sanfona


Fiz um mapinha com todos os lugares que visitei (e também com aqueles que não cheguei a ir mas citei aqui) tanto em Petrolina, como em Juazeiro.

  


Além dos atrativos localizados nas 2 cidades propriamente ditas, quem visita Petrolina e Juazeiro costuma se aventurar também pelo Rio São Francisco. Nos finais de semana, existem passeios saindo das 2 cidades que percorrem o rio até a Barragem de Sobradinho. Um desses passeios, conhecido como Vapor do Vinho, alia a navegação no belo lago de Sobradinho com a visita a uma das vinícolas da região! Eu fiz esse passeio e contei todos os detalhes no post Vapor do Vinho - como é o passeio pelo Vale do São Francisco.

E sim, vocês lerem certo. Vinícolas! E no plural mesmo!
Isso mesmo, vinícolas no meio do sertão nordestino! São seis ao todo! E mais, as vinícolas do Vale do São Francisco produzem vinho durante o ano todo! Viva a tecnologia!

Durante o passeio do Vapor do Vinho, nós visitamos a vinícola Ouro Verde, do grupo Miolo. Mas também é possível vistá-las separadamente por conta própria ou através de agências.

Vapor do Vinho
Passeio do Vapor do Vinho

Enfim, apesar de Petrolina e Juazeiro não serem exatamente cidades voltadas ao turismo, são lugares que valem a pena conhecer, tanto por sua história e cultura, como pelo Rio São Francisco. No meu caso, eu aproveitei uma viagem ao Parque Nacional Serra da Capivara para conhecer a dupla dinâmica de Petrolina e Juazeiro! É que apesar de a Serra da Capivara estar situada no Piauí, o aeroporto mais próximo é o de Petrolina*. Como eu ia chegar por lá, aproveitei e tirei 2 dias e meio para conhecer a região, que foi uma grata surpresa pra mim! Recomendo que façam o mesmo! Melhor ainda se for durante o fim de semana para fazer um dos passeios pelo Rio São Francisco.

*na verdade, o aeroporto de São Raimundo Nonato, cidade sede para quem quer conhecer a Serra da Capivara, já estão em funcionamento desde junho/2016. Mas ainda só possui 2 voos diários e com capacidade para 9 pessoas apenas. 


--
Tá indo viajar? 

➥ Reserve sua hospedagem pelo Booking, o maior portal de hospedagem do Brasil. Garanta já o melhor preço e vários descontos. É rápido, fácil e seguro!




➥ Não se esqueça de fazer seu seguro viagem. A Real Seguros trabalha com as melhores seguradoras do país. Compare e escolha a melhor opção pra você. Viaje sem correr riscos!

Seguro viagem brasil 728x90

➥ E se for alugar um carro, use o serviço da nossa parceira Rental Cars que compara preços e carros de várias locadoras no mundo todo!




✔ Você não paga nada a mais por nada disso, pelo contrário, economiza conseguindo os melhores preços e descontos! E ainda ajuda esse blog a se manter!! ✌

3 comentários :

  1. CH Santos6.9.16

    Na verdade Juazeiro é maior. A área urbana é mais abrangente.

    ResponderExcluir
  2. oie, sou petrolinense, deixa eu dizer, sobre o por do sol, a depender da epoca do ano ele se p~eo e nasce em cima do rio nas duas cidades, vc devia ter ido fazer o passeio de caiaque que tem de juazeiro para a ilha do fogo, muito bom e lindo. Além disso, podia ter conhecido vários restaurantes mara vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raysa, tudo bem?
      Bacana você ser de Petrolina! Gostei muito da sua cidade!
      Obrigada por me lembrar, no post sobre a hospedagem eu até falei sobre o por do sol, mas nesse eu esqueci de mencionar que, obviamente, dependendo da época do ano ele irá se pôr em outro lugar. Vou editar!
      Como eu fiquei pouco tempo, foquei só no que eu tinha mais interesse em conhecer mesmo. Aí acabou não dando tempo de ir para a Ilha do Fogo. Quem sabe numa próxima!
      Fui em alguns poucos (devido à falta de tempo) mas ótimos restaurantes. Acabei não mencionando nenhum deles aqui porque não é o perfil do blog falar sobre restaurantes. Mas comi muito bem na sua cidade! :)

      Excluir

Comente aqui