9

O paraíso é aqui: Blue Lagoon, Malta!

Renata Campos | 2.4.15 |
Blue Lagoon Malta


Malta é um país liiiiiiiiindo como eu já disse muitas vezes por aqui!! E se tem um lugar que traduz bem toda essa beleza maltesa, esse lugar é a Blue Lagoon, ou Lagoa Azul, como queiram. Esse lugar é simplesmente sensacional!!!

A Blue Lagoon fica em Comino, uma das ilhas que fazem parte do Arquipélago de Malta. Pra chegar, só de barco! E são basicamente 2 maneiras: por conta própria e fazendo um passeio de barco. Eu fui das 2 formas e vou contar sobre cada uma aqui.

No meu primeiro final de semana em Malta eu fiz um passeio desses que era sugerido pela EC, a escola de inglês que estudei. Eu já tava achando que seria uma furada, mas como o pessoal todo estava indo, resolvi ir também. Lembro que, como fechamos o passeio com a escola, ganhamos um desconto, mas ainda assim o passeio era bem carinho, algo em torno de 30 ou 40 euros, se não me engano.

Blue Lagoon Malta
A galera da escola que fez o passeio de barco

O passeio de barco não é de todo ruim mas, assim, não achei que valeu muito a pena! O barco como é "grande" navega bem devagar. No início é até legal pois dá tempo de observar, e fotografar, os vários detalhes de Malta sob um ponto de vista diferente, do mar! Mas depois de um tempo, quando o barco se afasta da costa, a viagem começa a ficar cansativa e, pior, enjoativa... literalmente falando! Eu fiquei meio mareada, mas uns amigos chegaram a passar mal de verdade!

Blue Lagoon Malta
Barco no qual fizemos o passeio até a Blue Lagoon
Blue Lagoon Malta
O barco até era grande mas não cabia todo mundo sentado. Como a viagem era longa, tivemos que improvisar no chão mesmo!
Blue Lagoon Malta
Taí uma das vantagens do passeio de barco, a vista de Malta sob um ângulo diferente

Depois de horas navegando pelo Mediterrâneo, chegamos em Gozo, outra ilha de Malta. Mas nem descemos na ilha, o barco apenas fez uma paradinha em alto mar mesmo pra gente pular na água enquanto eles preparavam o almoço (que estava incluído no passeio). Ficamos um tempinho parados ali, almoçamos e pronto, nossa  "visita" à Gozo já estava encerrada.

Blue Lagoon Malta
Almoço com comida maltesa no barco. 

Depois disso, fomos então pra Comino, conhecer a Blue Lagoon finalmente. Ainda dentro do barco nos foi oferecido um passeio de lancha super rápida (speed boat) nas caves umas caverninhas bem bacanas, que ficam em alto mar. O passeio dura cerca de uns 15 minutos apenas, mas é interessante! A lancha é super rápida e toca um som bem alto quando está "correndo" entre uma caverna e outra. Vale a pena se você for num passeio de barco, caso contrário, a lancha que faz o transporte regular entre Comino e Malta passa também nessas cavernas e você faz praticamente o mesmo passeio, totalmente de graça! (Quando eu falo que ir por conta própria sempre vale mais a pena..rs). A diferença é que no passeio pago, a lancha entra em algumas cavernas, mas não vão muito longe já que elas são curtinhas e apertadas. É só entrar e sair de ré mesmo!

Blue Lagoon Malta
Passeio de lancha pelas caves de Comino
Blue Lagoon Malta
As cavernas no mar de Comino

Depois do passeio, a lancha nos deixou onde os barcos ficam atracados e fomos logo nadar naquela água incrivelmente azul!! Como estávamos em meados de junho, no finalzinho do outono, a água ainda estava bem gelada! E olha que eu estou acostumada com o gelo das cachoeiras aqui de Minas. Só que depois de um bom tempo dentro d'água começamos a congelar e resolvemos sair... hehe. Mas calma, quando voltei, em julho, a água já estava uma delícia!!

Como ainda tínhamos um tempinho livre, fomos caminhar um pouco e tirar umas fotos daquele lugar maravilhoso.

Blue Lagoon Malta
Foi nesse paraíso que congelamos nadamos. Reparem que pouquissíamos pessoas estão encarando a água gelaaada!
Blue Lagoon Malta
Blue Lagoon Malta
Paraíso!! 

E foi então que demos de cara com uma enorme "lagoa" azul. Foi aí que entendemos o nome do lugar e percebemos que aquela sim era a famosa Blue Lagoon. Nesse local, os barcos não entram e não há pedras, então é um lugar perfeito pra nadar! Sem falar que existem guarda-sóis e cadeiras, aí sim dá pra ficar um dia inteiro por lá sem ser esturricado pelo sol. Maaas, já era tarde e, infelizmente, já estava na hora de irmos embora! Só pudemos vê-la do alto e tirar algumas fotos! Ali prometemos, mais uma vez, voltar com mais tempo!

Blue Lagoon Malta
Não há como negar... que parece com uma lagoa, parece!

Se o trajeto de ida já foi cansativo, imagina a volta? A paisagem já não era mais novidade, estávamos cansados e o sol nos torrava de forma impiedosa!

Definitivamente essa não é a melhor maneira de conhecer a Blue Lagoon!!! O passeio leva um dia inteirinho, mas o tempo na Blue Lagoon mesmo é curtinho. Tivemos pouco mais de 2 horas pra conhecer o lugar que é lindíssimo e merece, pelo menos, um dia inteirinho pra ser bem explorado. Saímos de lá com a certeza de que iríamos voltar.. e por conta própria da próxima vez, claro!

A vantagem do passeio de barco é que ele sai da cidade de Sliema, que é super central e de fácil acesso. Os ingressos podem, inclusive, ser comprados lá na hora mesmo, ou antecipadamente com algum dos vários vendedores que ficam zanzando pelo calçadão, vendendo passeios. Outra vantagem é que a vista que se tem, dentro do barco, de Malta sob um aspecto diferenciado é bem bonita... pelo menos no início quando o barco está próximo à costa. 

Mas se o seu objetivo é apenas fazer um passeio de barco, contornando a ilha de Malta e dar um pulinho na Blue Lagoon, essa pode ser uma boa opção pra você! Caso contrário, não! Se quiser conhecer e aproveitar bem a Blue Lagoon e as paisagens belíssimas de Comino, melhor ir pro conta própria. Pegue um ônibus e depois uma lancha rápida até Comino e fique lá até se cansar (se é que você vai ser cansar rs)!

Seguro viagem europa 468x60


Como ir à Blue Lagoon por conta própria? 

Quer aproveitar bem tudo o que a Blue Lagoon tem a oferecer? É só pegar um ônibus, uma lancha e pronto! Simples e barato!

As lanchas saem de Cirkewwa, cidade maltesa mais próxima de Comino. São 2 os pontos de saída, o principal fica ao lado do terminal de onde sai o ferry pra Gozo, outra linda ilha maltesa que vale a pena conhecer. Pra chegar lá é só pegar o ônibus 222 e descer no ponto final. Outra opção é descer em frente ao Riviera Hotel, que fica um ou dois pontos antes do terminal de ferry, e caminhar uns minutinhos pra direita. Independente do ponto que descer, a viagem de ônibus será longa, em torno de uma hora a partir de Slilema ou St Julians (mais ainda mais rápida que o passeio de barco), então relaxem e aproveitem as paisagens do caminho que são lindíssimas!


Blue Lagoon Malta
Localização dos 2 pontos onde saem os barcos pra Blue Lagoon, em Comino


As lanchas saem de meia em meia hora, com horários extras no verão. O ticket custa 10 euros e você o compra na ida, guarda, e só o apresenta na volta. A viagem dura cerca de 25 minutos pra ir e 35 pra voltar. Você deve estar se perguntando porque essa diferença de tempo, né? É porque na volta a lancha dá uma desviadinha e passa em algumas caves, umas caverninhas super bacanas, que ficam em alto mar. Passeio parecido com aquele que paguei na primeira vez que fui à Blue Lagoon e que descrevi acima. 

Chegando lá, a lancha vai te deixar bem ao lado da área com cadeiras e guarda-sóis. Aí é só escolher um lugar, pagar por isso, claro, e aproveitar o dia! Nós chegamos lá cedo, pouco depois das 10h da manhã, e o lugar estava uma beleza! Quase vazio, sem muita gente poluindo o visual. Ótimo pra tirar váááárias fotos do lugar e um monte de selfies também... porque, né? Irresistível! hehe

Blue Lagoon Malta
Interior da lancha e ponto de chegada em Comino
Blue Lagoon Malta
O paraíso vaziiioo de dar gosto! Pra isso, tem que chegar cedo!
Blue Lagoon Malta
Tirar um monte de selfies no paraíso pode, né? rs

Apesar de as cadeiras ficarem nas pedras, a "lagoa" mesmo em si é praticamente toda de areia. Então é uma delícia nadar ali. E dessa vez ela estava na temperatura ideal! Deliciosa! E super cristalina, parece piscina! A água é tão gostosa e o visual tão incrível que não dá vontade de sair de lá!

Blue Lagoon Malta
Gente, olha a cor dessa água! Lindo demais! 

Depois de muito tempo ali na margem, fomos nadando até aquela fenda na pedra lá no fundo. Ao lado da fenda, no lado direito, há um buraco na pedra. Dá pra atravessá-lo e chegar do outro lado, em alto mar. A travessia é um pouco escura e é preciso ir nadando na maior parte do trajeto, mas é super de boa! Tentei tirar algumas fotos (com a máquina subaquática, claro) mas ficaram péssimas, todas borradas pela pouca luz e pela falta de apoio pra segurar a máquina! Pra quem gosta e não tem medo, vale super a pena! Do outro lado a água já é mais escura, mas ainda assim super cristalina e cheia de peixinhos. E o visual é bem bacana também, com várias pedras e outras pequenas cavernas no entorno. Ahh vale lembrar que a água ali não "dá pé", já que estamos em alto mar, então tem que saber nadar porque é bem fundo. Encontramos até algumas pessoas fazendo mergulho de cilindro por lá.

Blue Lagoon Malta
Fomos nadando até a fenda na pedra e atravessamos a caverna que está ali (pela metade) no entremo direito da foto. 
Blue Lagoon Malta
A entrada da "caverna" que atravessamos no meio da pedra para chegar ao outro lado. 
Blue Lagoon Malta
Do outro lado da pedra que atravessamos
Do outro lado da pedra é bem fundo mas a água continua cristalina e é cheia de peixinhos por lá também

Quando voltamos aos nossos lugares, já estava tudo bem mais cheio e foi enchendo cada vez mais. A maioria das pessoas só foi chegar depois do meio-dia. Então, até esse horário estava super tranquilo. Quem chega tarde dificilmente encontrará cadeira, e muito menos guarda-sol, pra alugar. Aí o jeito é se ajeitar nas pedras mesmo ou então subir o morro em busca de um lugar pra estender as cangas. Ah.. e é bom dizer que todas as vezes que saímos pra nadar ou caminhar deixamos nossas coisas nas cadeiras e, em momento algum, mexeram nelas.

Blue Lagoon Malta
A estrutura de cadeiras e guarda-sóis da Blue Lagoon.
Blue Lagoon Malta
Quando não tem cadeira mais, o jeito é se virar onde der!

Depois de explorar o lugar pela água, fomos caminhar pela ilha e conhecê-la melhor e por um outro ângulo. Comino é minúscula e é a única ilha não habitada de Malta. Então, deixa a preguiça de lado e trate de caminhar pela ilha pra conhecê-la melhor! Garanto que vale muitíssimo a pena e você vai se deparar com paisagens lindíssimas!!! Passamos por algumas prainhas quase desertas e praticamente privativas onde só se chega de barco. Fomos caminhando, caminhando nos afastando da Blue Lagoon e nos aproximando cada vez mais da Torre de Santa Maria, famosa locação do filme "O Conde de Monte Cristo". Fomos caminhando até a torre que fica bem no alto e em uma das bordas da ilhas. As imagens falam por si só.

Blue Lagoon Malta
Alguns dos lugarzinhos escondidos que encontramos caminhando por Comino
Blue Lagoon Malta
A torre de Santa Maria, cada vez mais próxima... 
Blue Lagoon Malta
Paisagens da ilha de Comino
Blue Lagoon Malta
Paisagem de Comino em frente à Torre de Santa Maria, de onde nem se vê a Blue Lagoon mais

Depois de caminharmos por bem mais de uma hora, voltamos novamente à Blue Lagoon pra aproveitar aquela água deliciosa um pouco mais! Ficamos lá atééé tarde e chegamos de volta em casa já quase anoitecendo (e olha que no verão o sol só se põe lá pelas 9hs da noite).

Se você também pretende ficar em Comino o dia inteiro como nós, é bom levar um lanchinho. Até existe lugar pra comprar comida, mas apenas sanduíches, pizzas, batatas fritas, sorvetes, ou seja, nada muito saudável e também não era muito gostoso não, além de caro!

Enfim, seja como for, de barco, lancha, por conta própria ou não, uma coisa é certa, não deixe de conhecer Comino e sua linda Blue Lagoon! Programa imperdível em Malta!


Saiba mais sobre Malta


--

Tá indo viajar? 

➥ Reserve sua hospedagem pelo Booking, o maior portal de hospedagem do Brasil. Garanta já o melhor preço e vários descontos. É rápido, fácil e seguro!




➥ Não se esqueça de fazer seu seguro viagem. A Real Seguros trabalha com as melhores seguradoras do país. Compare e escolha a melhor opção pra você. Viaje sem correr riscos!

Seguro viagem europa 728x90

➥ E se for alugar um carro, use o serviço da nossa parceira Rental Cars que compara preços e carros de várias locadoras no mundo todo!




✔ Você não paga nada a mais por nada disso, pelo contrário, economiza conseguindo os melhores preços e descontos! E ainda ajuda esse blog a se manter!! ✌

9 comentários :

  1. Oi!
    Estou indo para Malta em novembro, no entanto estou preocupada por ser durante o inverno, voce acha que isso pode acabar deixando a viagem menos divertida e bonita??
    E como voce fez com o uso de cartão? Teve que abrir uma conta de banco em Malta??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Luiza, tudo bem?
      Bom, realmente o inverno não é a melhor época para ir à Malta, já que o forte do lugar são as praias. Não acho que a viagem seja menos bonita, e nem menos divertida, você pode fazer várias coisas diferentes. Mas será mais limitada, já que você não poderá aproveitar as praias.
      Quanto ao cartão, usei débito e crédito normalmente como em qualquer lugar, você só precisa habilitar os cartões no banco pra uso internacional.
      Boa viagem!

      Excluir
  2. Ei Renata, tudo bem?
    Amei o post!!! Fiquei apenas com uma dúvida! Como fica a volta? A lancha que você pegou foi a mesma que vc voltou? Voce marca um horario com ela? Até que horas tem o onibus de volta para Malta? Vou sozinha e estou preocupada com o trajeto de volta! Obrigada!! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, tudo bem?
      Obrigada!
      Não se preocupe, é muito tranquilo! É só guardar o ticket que você pode pegar qualquer lancha que tiver voltando, sem problemas. No verão, as lanchas vão e voltam direto! Não lembro os horários dos ônibus, mas eles funcionam até o início da noite, então é tranquilo! Mas nos pontos de ônibus têm os horários que eles passam, então, pra não errar, é só consultar o horário antes de você pegar a lancha!
      Vá tranquila que é bem de boa! Enjoy!

      Excluir
  3. Anônimo4.4.16

    Renata, tudo bem.

    Apesar de fazer um tempo que foi pelo que percebi, tenho algumas dúvidas.
    Vou em Junho, por um mês. Você comenta que a água é gelada ainda, mas mesmo assim da pra aproveitar? O Sol nessa epoca ajuda a curtir um pouco a praia? Já tem movimento nas praias nesse periodo?

    Dalglis

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dalglis, tudo bem?
      A água é gelada como de cachoeira, mas dá super pra aproveitar! Você pode ver pelas fotos, algumas foram tiradas no meio de junho e outros já em julho, mas olha o tanto de gente na água! O verão começa no final de junho, então os dias são quentes e longos!
      Não se preocupe, aproveite tudo o que Malta tem de melhor! :)

      Excluir
  4. Boa tarde Renata.
    Tudo bem?
    Você tem ideia do custo do aluguel das barraquinhas e cadeiras?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  5. Oi Rê! Seu blog tem me ajudado muito. Seus posts são esclarecedores. Estudarei julho e Agosto na EC Malta na turma 30+ English In the City. Estou ansiosa. Uma pergunta: como funciona a academia? É da escola ou é parceira? Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Bia, tudo bem?
      A EC não tem academia e também não sei se tem parceria com alguma academia de lá. Eu não sirvo muito de base, porque jamais iria à academia com tanta coisa pra fazer em Malta. Então nem procurei saber a respeito. Mas não lembro de falarem sobre isso não! E também não fiquei de ninguém da minha turma (e nem de outras) que tenha ido à academia. Por isso eu ACHO que a EC não tenha academia.
      Sei que outras escolas possuem academias próprias ou mesmo parcerias com outras academias da ilha, mas pelo que sei a EC não!
      Boa viagem!

      Excluir

Comente aqui